Notícia

Itu

Série Assinaturas: O Republicano Barros Junior

Publicado em 27 outubro 2015

Por Anicleide Zequini

Série Assinaturas:  Francisco Fernando de Barros Junior: um republicano histórico

Através desta Série Assinaturas passo  a resgatar, nos documentos de Arquivo, os moradores de Itu e região que participaram da construção de nossa História.


A leitura dos antigos documentos dos séculos 18 e 19 nos transportam para outros tempos, outros cotidianos e ao conhecimento dos moradores de uma localidade que, deixaram através de sua escrita, as marcas materiais de sua História.

Muitos deles eram  letrados e puderam nos deixar seus artigos, livros, poesias,pinturas, partituras e  até mesmo fotografias, mas que não era a regra naquela  sociedade formada por poucos alfabetizados e, onde a grande maioria apenas desenhavam as suas assinaturas.

Desta vez, apresento  a Assinatura de Francisco Fernando de Barros Junior: um republicano Histórico.

Francisco Fernando de Barros Junior, filho de Francisco Fernando de Barros e Angela Guilhermina de Mesquita Barros. Casado, em Itu, em 9 de setembro de 1879 com sua prima irmã Maria Alexandrina de Barros, filha de seu tio paterno Coronel Alexandre Luiz de Almeida Barros.

Nasceu em Capivari, SP, em 17 de março de 1856. Fez seus primeiros estudos no Colégio São Luiz na cidade de Itu. Seguindo para Petrópolis estudou no internato do Colégio Kopke, considerado um dos melhores do Império, devido ao seu ensino modelar destinado aos filhos da elite econômica da época.

Entre os anos de 1877 e 1879, juntamente como seu irmão Fernando Paes de Barros, esrtudou em Syracuse University,  recém fundada no estado de New York, onde concluíram o curso de Engenharia Civil.

Retornam para Itu, em 30 de julho de 1879 onde, segundo noticia publicada no jornal Imprensa Ytuana em 30 de agosto, foram recebidos por amigos e parentes que o acompanharam até a casa de seus pais, onde foi servido um “suntuoso banquete” .

Após seu retorno e casamento Barros Junior passou a residir na freguesia de Salto de Ytu,  antiga denominação da atual Cidade de Salto, SP, emancipada de Itu no ano de 1889 e denominação alterada para Salto, em 1917.

Nesta localidade, Barros Junior desenvolveu todos os seus projetos políticos e também econômicos, como da instalação, em 1880, da segunda fábrica de tecidos da localidade, destacando-se como chefe político do então recém-fundado Partido Republicano Paulista.

Para saber mais sobre Francisco Fernando de Barros Junior consultar:

ZEQUINI, Anicleide. Francisco Fernando de Barros Junior: um republicano histórico. Revista Academia Ituana de Letras, vol XVI, ano XVI, 2014. Disponível em http://www.itu.com.br/colunistas/artigo.asp?cod_conteudo=48076

ZEQUINI, Anicleide. O Quintal da Fábrica: a industrialização pioneira no interior paulista. São Paulo: Annablume, Fapesp. 2004.

ZEQUINI, Anicleide. O Quintal da Fábrica. Campinas, 1991. Dissertação (Mestrado em História) Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 1991. Disponível em http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000036967

CASTELARI. Luis. História de Salto. Salto,SP: Gráfica Taperá. 1971.