Notícia

Saúde Informações

Seqüenciada bactéria da acne

Publicado em 22 fevereiro 2007

Cientistas europeus terminaram o seqüenciamento completo do genoma da bactéria que causa a acne, o tipo mais comum de doença de pele, que afeta cerca de 80% dos adolescentes. Segundo o grupo liderado por Holger Brüggemann, da Universidade de Göttingen, na Alemanha, o genoma da Propionibacterium acnes é a base para descobrir medicamentos para a acne e outras doenças ligadas à bactéria. O estudo foi publicado na edição de 30 de julho da revista Science. A P. acnes costuma habitar a pela humana, onde vive sem provocar dano algum dentro de glândulas que secretam óleo em folículos capilares. O problema é que a bactéria também tem uma função importante no desenvolvimento da acne - doença de natureza inflamatória que compromete formações cutâneas pilosas e sebáceas - por meio de vários mecanismos. Os cientistas descobriram que a P. acnes tem 2.333 genes e identificaram produtos genéticos que estão ligados à capacidade do micróbio em atacar e destruir componentes na pele humana. Entre esses produtos estão substâncias que podem estar envolvidas na inflamação que ocorre na acne e em outras doenças relacionadas à bactéria. "A seqüência genômica revela claramente muitas proteínas envolvidas com a capacidade de a P. acnes colonizar e viver na pele humana, bem como um potencial pronunciado para sobreviver a diferentes situações. Essa capacidade ajuda a explicar a preponderância da bactéria e os potenciais problemas causados por ela", disseram os autores.

Agência Fapesp