Notícia

São Carlos em Rede

Semóptica: Embrapa demonstra aplicação da Óptica na agropecuária

Publicado em 22 outubro 2011

Por Redação

Os visitantes da XVI Semóptica: Feira de Ciência e Tecnologia,que ocorre hoje e amanhã no Shopping Iguatemi terão a oportunidade de presenciar  a  aplicação da ótica na agropecuária, representada por duas pesquisas desenvolvidas na Embrapa Instrumentação, São Carlos (SP): Diagnóstico de doenças  dos citrus e técnicas óticas para análise de solos. Neste evento será demonstrado o efeito de fluorescência (um tipo de emissão de luz) que pode ser aplicada em  materiais de interesse da agropecuária. O visitante terá à disposição um filtro, pelo qual será possível ver a fluorescência induzida por um laser incidindo  sobre a fruta ou folha. Esta fluorescência está relacionada com a composição química da fruta ou folha, e pode ser utilizada para avaliação da qualidade delas.

As duas pesquisas foram desenvolvidas pelo grupo da pesquisadora Débora Milori no Laboratório de Óptica e Laser da Embrapa Instrumentação.  O Greening (ou HLB) é a doença mais grave da citricultura, espalha-se rapidamente, e para a qual não existe cura. A técnica desenvolvida  pode diagnosticar  a doença antes mesmo dela apresentar os sintomas. Segundo a pesquisadora, não existe um sistema de diagnóstico de doenças de citros para ser aplicado em  larga escala. Os métodos utilizados atualmente para controle da doença são: inspeções visuais, controle da população do inseto vetor, e  produção de mudas  saudáveis em viveiros telados. “A fase assintomática desta doença pode durar de seis meses a dois anos, o que permite a presença de inóculo no campo  contaminando outras árvores. O sistema desenvolvido pela Embrapa Instrumentação permite a realização do diagnóstico mesmo em fase assintomática”,  adianta Débora.

A Semóptica é realizada nesta sexta-feira, dia 21, das 18 às 22, e amanhã, 22, das 14 às 22 horas, no Shopping Iguatemi de São Carlos. O evento é  organizado pelo Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica/Fapesp (CePof) e Instituto Nacional em Óptica e Fotônica/CNPq (INOF), ambos sediados no  Instituto de Física  da USP de São Carlos