Notícia

Defesa TV

Seminário sobre Computação e Comunicação Quântica tem mais de 3 mil visualizações

Publicado em 17 maio 2021

O 1º Seminário de Tecnologias de Interesse da Defesa: Computação e Comunicação Quântica, coordenado pelo Ministério da Defesa foi um grande sucesso, o evento que teve seu término no dia 13 de maio, recebeu mais de 3 mil visualizações.

Notícias Relacionadas: Secretaria de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa irá realizar Seminário de… Centro de Operações de Paz participa de seminário internacional sobre desminagem… Forças Armadas e de Segurança realizam apreensão de 4,9 toneladas de drogas…

As apresentações e debates reuniram, virtualmente, militares das três Forças, acadêmicos e representantes da indústria e da sociedade civil. Os participantes discutiram o tema que figura nas políticas de defesa e de segurança das principais potências militares do mundo.

O encerramento do Seminário ficou a cargo do diretor do Departamento de Produtos de Defesa (DEPROD), da Secretaria de Produtos de Defesa (SEPROD) da Pasta, contra-almirante Sérgio Lucas da Silva.

Ele ressaltou a relevância da Conferência para a obtenção do conhecimento dessa nova tecnologia. “Tenho certeza que nós só ganhamos com a realização de um evento dessa natureza. Nesses dois dias tivemos apresentações que nos permitiram conhecer, de maneira muito didática, um pouco do que consiste a tecnologia quântica e o caráter estratégico dela”, ressaltou.

Para o secretário da SEPROD, Marcos Rosas Degaut Pontes, o Seminário foi um marco. “Tivemos participação significativa, com cerca de 3 mil visualizações e, parte do sucesso, se deve ao alto nível de conhecimento, da excelência dos palestrantes e ao apoio maciço da academia, das instituições militares e do setor privado”, destacou.

Degaut disse ainda que o evento foi muito importante para permitir que diferentes setores iniciassem um alinhamento de percepções e perspectivas acerca do tema.

“A partir do que foi apresentado, pudemos verificar não só quais são os usos da comunicação e da computação quântica aplicados no mundo, mas também como nos posicionamos em relação a isso, em que situação estamos e o que falta para nos igualarmos aos países mais avançados”, completou.

Programação final

A programação da quinta-feira seguiu o mesmo formato do primeiro dia: dois blocos, com três painéis cada. Na primeira palestra, o chefe do Centro de Desenvolvimento de Sistemas do Exército, general de divisão (Eng) Eduardo Wolski, dissertou sobre a “Computação e a Comunicação Quântica como Iniciativa Estratégica em prol da Defesa”.

Na continuação, o CEO da empresa Quanby Computação Quântica, Walmoli Gerber Junior, falou sobre as “Perspectivas de Mercado da Computação Quântica e os Impactos na Competitividade Mundial”.

Em seguida, o Professor Guilherme Frazão, do Centro de Estudos em Telecomunicações da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, tratou de “Redes de Comunicação Quântica”.

À tarde, as palestras prosseguiram com a apresentação do Professor Paulo Nussenzveig, do Laboratório de Manipulação Coerente de Átomos e Luz da Universidade de São Paulo, que expôs o trabalho desenvolvido pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo em Tecnologia de Informação Quântica.

O evento seguiu com o tema “Cooperação Internacional para Desenvolvimento e Produção”, explanado pelo coordenador do Laboratório de High Performance Computing, do SENAI. Por fim, o coronel Engenheiro da Aeronáutica, Fabio Andrade de Almeida, do Instituto de Estudos do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, apresentou o “Sistema de Informação Seguro para o Setor Aeroespacial”.

Como no primeiro dia do evento, ao final de cada bloco os participantes debateram com os participantes os temas abordados por 30 minutos.

 

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Estadão.com O Estado de S. Paulo Bureau of Foreign Trade (Taiwan) Terra ResumoCast