Notícia

Unesp

Seminário de Economia Industrial na Unesp

Publicado em 13 agosto 2013

De 14 a 16 de agosto, o GEEIN (Grupo de Estudos em Economia Industrial) da Unesp realiza, em Araraquara, SP, o XIV Seminário  de economia Industrial. O tema central é “Inovação, Desenvolvimento e Sustentabilidade”.

As inscrições estão abertas em: http://pitagoras2.fclar.unesp.br/inscricoes

Para os organizadores, uma das preocupações centrais de gestores de política, de porta-vozes empresariais e dos estudiosos da economia brasileira tem sido, sem dúvida, as condições para a continuidade do crescimento do produto e do desenvolvimento da estrutura industrial verificados na última década.

O tema pode ser abordado sob diversos ângulos. O elenco temático do evento tem por objetivo promover a reflexão em torno de três aspectos: as perspectivas futuras da economia brasileira, a contribuição da indústria para o desenvolvimento estável e sustentável e, em decorrência destes, uma preocupação mais específica com as políticas de promoção e financiamento industrial e com as novas atividades industriais voltadas a sustentabilidade ambiental (baixa geração de carbono, produtos químicos “verdes”).

Reunindo por três dias especialistas acadêmicos e profissionais dos setores público e privado que enfrentam estes temas e questões, o Seminário pretende construir para uma avaliação consistente da agenda e retirar proposições sobre novos temas de investigação e de orientação das políticas para a promoção do desenvolvimento tecnológico e da inovação.

Haverá mesas abordando os temas: Localização da Indústria; Inovação e Desenvolvimento Industrial; O Desenvolvimento Recente da China e Implicações para o Brasil; A Economia de Baixo Carbono; A produção de químicos “verdes”; Localização de Atividades Inovativas; e Financiamento do Investimento.

O evento promoverá a discussão destas questões a partir de pesquisas desenvolvidas e experiências profissionais dos convidados, cujos trabalhos serão apreciados por outros pesquisadores. Estes assuntos vêm suscitando interesse e preocupação das políticas nacional e estadual em C&T e em matéria de desenvolvimento tecnológico, social e ambiental.

Na manhã de cada um dos três dias, abrindo as sessões do XIV SEI, estão programadas mesas para apresentação de resultados de trabalhos de iniciação científica de jovens pesquisadores de jovens pesquisadores, desenvolvidos por aproximadamente sessenta bolsistas – cerca de 20% do GEEIN e os demais de outras instituições do país. Diferentemente dos Congressos de Iniciação Científica internos das Universidades Paulistas, que reúnem diferentes áreas da mesma instituição, esta iniciativa reunirá bolsistas pesquisadores de IC de diferentes instituições, mas da mesma área, o que permitirá um confronto maior de resultados e experiências científicas.

Sobre o GEEIN

O Grupo de Estudos em Economia Industrial (GEEIN) iniciou as suas atividades em 1991, nucleando no Departamento de Economia da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp de Araraquara um conjunto de atividades de pesquisa sobre a economia industrial, a tecnologia e o desenvolvimento econômico.

Desde o início, O GEEIN procurou integrar-se a outras instituições, formando a base da rede mais ampla em que hoje está integrado. Projetos como os de Cadeias Produtivas Globais, Diretório da Pesquisa Privada, Observatório de Estratégias de Inovação, Atividades Tecnológicas de Empresas Multinacionais e Interações Universidade-Empresa, realizados ou em andamento com a colaboração de inúmeros pesquisadores de diferentes instituições, mostram o interesse de integração e cooperação do GEEIN.

As atividades de pesquisa do GEEIN contam, além do apoio da Unesp, com o financiamento da Fapesp, do CNPq, do IPEA, da Capes, da Fundunesp e da Finep. Além dos projetos de pesquisa recém-concluídos e em execução, o GEEIN vem formando uma série de laços de colaboração com instituições de pesquisa universitárias e outras, com vistas ao reforço dos seus vínculos institucionais na área de Economia Industrial.

Nestes 22 anos de funcionamento, o GEEIN consagrou esforços sistemáticos à formação de jovens pesquisadores, o que resultou em significativo número de projetos e bolsas de iniciação científica.

A maioria destas dezenas de bolsistas formados nas atividades de pesquisa do GEEIN encontra-se inseridos em programas de pós-graduação ou em prestigiadas instituições públicas e privadas. Os jovens egressos do GEEIN estão vocacionados para a carreira científica e de análise profissional qualificada.

Assessoria de Comunicação e Imprensa