Notícia

INPI

Seminário analisa experiências de inovação aberta

Publicado em 22 setembro 2009

O conhecimento está em todo o lugar e para as companhias competitivas "não é necessário nem esperto fazer tudo sozinho". A afirmação é do criador do conceito de open innovation, Henry Chesbrough, que fará palestra no seminário que acontecerá em São Paulo, nos dias 22 e 23 de outubro. O Open Innovation Seminar reúne profissionais que participam do processo de inovação nas empresas. O presidente do INPI, Jorge Ávila, irá participar como debatedor, entre professores da Fundação Getúlio Vargas e das universidades de Berkeley, Unicamp e USP. Uma sessão especial, com dirigentes da Fapesp, Finep e Fiesp, tratará dos instrumentos de financiamento e incentivo à inovação.

O evento é uma iniciativa de Chesbrough e empresas brasileiras para melhorar práticas de inovação aberta no país. De acordo com o criador deste conceito, um bom exemplo de inovação aberta é o adotado pela IBM. Segundo Chesbrough, a companhia doa patentes de software mas também licencia outras patentes, ganhando bilhões com isto. Outro exemplo é a Intel que trabalha com universidades na pesquisa de semicondutores. A empresa se abre para parceiros que ajudam a criar valor para os seus produtos.

Mais de 200 participantes já se inscreveram no Open Innovation. O evento acontecerá nos dias 22 e 23 de outubro no Hotel Renaissance São Paulo.