Notícia

Jornal de Piracicaba online

Seminário aborda desafios da pós-graduação

Publicado em 26 abril 2016

A FOP (Faculdade de Odontologia de Piracicaba) da Unicamp, por meio da coordenação dos cursos de pós-graduação, promove, nesta quinta (28) e sexta-feiras, o 12º Seminário de Pós-Graduação, que traz como tema Desafios da pós-graduação — ética e financiamento.

Entre os palestrantes estão a pró-reitora de pós-graduação, Rachel Meneguello, que abordará a questão da internacionalização da pós-graduação; e o assessor da vice-reitoria de relações internacionais, Max Henrique Machado Costa, que discutirá as ações da Unicamp para internacionalização, assuntos em destaque no cenário atual da pós-graduação. Também estará presente o coordenador adjunto de ciências da vida da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), Carlos Eduardo Negrão.

Uma reflexão sobre os aspectos éticos na pós-graduação, considerado um dos pontos mais importantes na formação científica atual, será abordada pelo professor Roberto Romano, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp, e pela professora Rosemary Sadami Arai Shinkai, assessora-chefe para assuntos internacionais COPE (Committee on Publication Ethics) Charity Director.

Após as palestras, haverá uma mesa-redonda sobre o assunto, que será coordenada pelo professor Jacks Jorge Júnior, coordenador do comitê de ética em pesquisa da FOP. Em uma das atividades mais tradicionais do encontro, será discutida a evolução das pesquisas na área de odontologia, assim como a qualidade versus a quantidade das publicações científicas.

Nesta atividade, participarão a professora Rosemary Sadami Arai Shinkai e o professor Carlos José Soares, coordenador da área de odontologia na Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), sob a coordenação da professora doutora Isabela Almeida Pordeus, da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Além das apresentações e premiações de trabalhos científicos desenvolvidos pelos alunos de pós-graduação, segundo a instituição, haverá também a premiação da melhor tese de doutorado defendida na FOP nos anos 2014 e 2015. Conforme a Faculdade, o seminário tem permitido que experiências em pesquisa e ensino de pós-graduação sejam compartilhadas e que as soluções possíveis para dificuldades sejam apresentadas e discutidas pela comunidade de pesquisadores, alunos e docentes de pós-graduação.