Notícia

Hora do Povo online

Sem os cortes de verbas, a ciência teria feito bem mais contra a Covid, denunciam cientistas

Publicado em 18 agosto 2020

Para o presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich, a desindustrialização do país também dificultou o combate à pandemia. “O Brasil perdeu espaço e está enfrentando uma desindustrialização”

O presidente da Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu Moreira, afirmou que “os recursos” destinados pelo governo Bolsonaro à Ciência “são baixos em relação às necessidades. Sem falar que alguns deles estão saindo com muito atraso”.

Segundo ele, os cientistas foram pegos “desprevenidos, porque a ciência brasileira tem sofrido cortes acentuados de recursos, e isso faz com que a gente tenha que enfrentar essa situação num quadro complicado”.

Mesmo assim, “os brasileiros podem se orgulhar do desempenho da ciência brasileira na tentativa de responder à crise que estamos enfrentando. As universidades, por exemplo, estão trabalhando com bastante empenho, mesmo tendo que de se adaptar a situações bastante precárias”, disse durante a audiência pública feita pelo Congresso Nacional.

Deputados e senadores da Comissão Mista destinada a acompanhar a situação fiscal e a execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas ao coronavírus participaram da audiência junto aos presidentes da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu de Castro Moreira, da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich, o diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Carlos Américo Pacheco, e o ex-presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Glauco Arbix, em sessão virtual.

“No pós-pandemia, vamos precisar recuperar, atualizar e manter os laboratórios das universidades, além de criar novos laboratórios”, prosseguiu Ildeu.

Ildeu explicou que de R$ 452 milhões investidos pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC) durante a pandemia, apenas “R$ 100 milhões foram direcionados à pesquisa para o combate à Covid-19”.

“Não há saída sem ciência e tecnologia. E para isso, é preciso continuidade, recursos, planejamento e visão para apoiar as iniciativas promissoras e de qualidade que temos no Brasil”, afirmou.

Para Ildeu Moreira, os cortes previstos pelo governo Bolsonaro para 2021, que estão na casa de 18% para o Ministério da Educação e 15% para o MCITC, deixarão a situação ainda mais difícil.

“Estamos preocupados com essas perspectivas, porque vivemos um momento em que a educação e as pesquisas científicas são cada vez mais fundamentais para nossa sociedade”.

O presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich, denunciou o contingenciamento de 90% da verba do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT)

“Vamos lutar pelo fim do contingenciamento do FNDCT e por um orçamento de ciência e tecnologia para 2021 que permita realmente uma recuperação do país. É muito importante evitar cortes nesse orçamento”.

Davidovich também acredita que a resposta ao coronavírus no Brasil foi dificultada pela desindustrialização pela qual o país passou.

“O Brasil perdeu espaço e está enfrentando uma desindustrialização. Em 1983, a indústria representava cerca 35% do PIB, agora, em anos mais recentes, passou para 11%. Estamos com um nível de inovação insuficiente”.

O ex-presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Glauco Arbix, professor da Universidade de São Paulo (USP), disse que o Brasil tem tudo para avançar no desenvolvimento de pesquisa e desenvolvimento e ressaltou que nos últimos 30 anos o País avançou bastante na capacitação de cientistas.

“Mesmo com exemplos negativos de não liberação de recursos, os cientistas brasileiros têm se mostrado qualificados e empenhados no enfrentamento da covid-19. O problema é que a pesquisa brasileira nunca foi tão encurralada e tão depreciada. Mesmo assim, nossas universidades estão mostrando ter vitalidade e desenvolvendo pesquisas com esforços coletivos. A ciência salva vidas. É uma realidade difícil de ser entendida da elite política do nosso país”, criticou.

Carlos Américo Pacheco, diretor da Fapesp, citou algumas iniciativas da instituição no enfrentamento e enfatizou que o Brasil precisa encarar a ciência, tecnologia e inovação como fatores muito importantes para a soberania nacional. Ele destacou a corrida no mundo neste momento para a produção da vacina contra a covid-19.

“A gente viu uma corrida gigantesca de sequestro de ventiladores, com barreiras à exportação de equipamentos, insumos, etc. Isso é um negócio que tem que chamar a atenção dos governantes do Brasil nesses próximos anos. É uma questão de soberania. Para questões que são complicadas, como saúde pública, você não pode ser vulnerável. Existe uma cadeia de suprimentos que pode ser bruscamente interrompida por uma medida de outro país. No que diz respeito à produção de insumos e equipamentos médico-hospitalares, essa questão é crítica e precisa ser encarada com seriedade pelo Governo”, declarou.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
G1 MidiaMax Jornal O Coletivo Hoje ES O Bom da Notícia O Documento online Novo Cantu Notícias Diário do Poder Portal Mato Grosso Portal MT Jornal do Senado O Bom da Notícia Hoje ES Portal da Câmara dos Deputados Portal Lapada Lapada O Documento online Portal Mato Grosso Portal MT Blog Jucelino do Sindicato Portal InvestNE Zero um informa A Crítica (MS) online Mapping Painel Notícias Cenário MT O Otimista online O Povo Fato Amazônico Mais influente online Foco Cidade SBNotícias Portal Stylo Radar Amazônico Alagoas Alerta Blog do PCO Diário do Rio Doce online Dourados Agora O Londrinense ABIPTI - Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação Sindireceita - Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil Jornal do Senado Jornal Correio do Norte (PR) online CGN Novo Cantu Notícias O Bom da Notícia O Documento online Portal Mato Grosso Portal MT Portal do Magistrado MS em Dia Portal Lapada Lapada Portal Mariliense A Imprensa Online Hoje ES Cenário MT O Bom da Notícia Portal da Câmara dos Deputados O Documento online Portal Mato Grosso Portal MT O Cafezinho Jovem Pan Blog da Cidadania 3F Brasil Grupo Orzil ResumoCast Expressão Rondônia RolNews Rondônia Dinâmica Rondônia ao Vivo O Rondoniense Mais Rondônia Notícias Tudo Aqui Jornal Folha do Interior de Rondônia online Sol de Rondonia Folha de Rondônia News Madeirão ABC - Academia Brasileira de Ciências Agora na Rede Acontece RO RolimNotícias