Notícia

Revista Museu

Seleção para professores na França

Publicado em 18 novembro 2010

BRASIL, São Paulo - O Instituto de Altos Estudos da América Latina (Iheal, na sigla em francês), ligado à Universidade Sorbonne Nouvelle - Paris 3, lançou uma chamada de candidaturas para as cátedras de professores convidados para o ano letivo 2011-2012. Os docentes interessados poderão se inscrever até o dia 15 de dezembro.

Há mais de uma década o Iheal atribui, anualmente, cátedras a professores e pesquisadores estrangeiros que trabalham em pesquisas sobre a América Latina na área das ciências humanas e sociais.

Instituídas pelo Ministério do Ensino Superior e da Pesquisa da França, essas cátedras são parte da política do país de cooperação científica com o continente latino-americano. O objetivo é que o Iheal possa tecer elos com as universidades latino-americanas e consolidar uma ampla rede científica.

Os objetivos das cátedras incluem: aumentar a colaboração em matéria de ensino e de pesquisa em ciências sociais entre a Europa e a América Latina e sensibilizar os estudantes para as questões e debates relativos a essa área nos campos político, econômico, social e cultural, além de promover intercâmbios de professores, pesquisadores, especialistas e estudantes.

As cátedras são exclusivamente reservadas a professores pesquisadores de diferentes continentes especializados no estudo das sociedades latino-americanas e vinculados a universidades dessas regiões.

A Cátedra Simón Bolívar é voltada a docentes de toda a América Latina. A Cátedra Antonio Nariño tem foco em professores da Colômbia e dos países andinos. A Cátedra Pablo Neruda é voltada para o Chile e países do Cone Sul. A Cátedra Alfonso Reyes é dedicada ao México, América Central e Caribe.

Os candidatos deverão ter menos de 65 anos durante seu período de ensino ou estada no Iheal e deverão ser titulares de um doutorado. O Iheal privilegia as candidaturas para estadas longas de um semestre ou de um ano, possibilitando uma real inserção dos professores convidados nas atividades de ensino e de pesquisa da universidade.

Os beneficiários das cátedras deverão ministrar duas formações por semestre: uma de 24 ou 26 horas, conforme o semestre (ou seja, duas horas semanais), a outra de 12 ou 14 horas conforme o semestre (ou seja, duas horas quinzenais).

Um desses cursos fará uma abordagem geral e didática sobre a América Latina e o outro terá foco nos estudantes do Master Pesquisa e Profissional. Os cursos deverão corresponder aos temas de pesquisa e competências do professor convidado.

O Iheal recebe candidaturas em todas as disciplinas das ciências humanas e sociais. Os professores e pesquisadores que se beneficiam da cátedra poderão realizar um de seus cursos em outras unidades da Universidade Sorbonne Nouvelle - Paris 3, bem como em outras instituições universitárias francesas ou europeias com as quais o Iheal mantém colaborações.

Mais informações: www.iheal.univ-paris3.fr

Fonte: Agência FAPESP