Notícia

Monitor Mercantil online

SEG Notícias - Desenvolvimento Profissional

Publicado em 17 junho 2015

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Iess) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) anunciaram ontem R$ 1 milhão em bolsas para apoiar pesquisas acadêmicas sobre Sustentabilidade do Setor de Saúde Suplementar. "Essa é a primeira chamada de uma série de bolsas que devem ser ofertadas, em parceria com a Fapesp, para fomentar estudos e debates sobre a sustentabilidade do setor de saúde suplementar", destaca Luiz Augusto Carneiro, superintendente-executivo do Iess.

As inscrições de projetos para concorrer às bolsas vão até 4 de setembro. Podem se inscrever pesquisadores que estejam vinculados a Instituições de Ensino Superior e de pesquisa no Estado de São Paulo, sejam públicas ou privadas, sem fins lucrativos. As propostas de pesquisa devem abordar a sustentabilidade da saúde suplementar por ao menos uma das três áreas abrangidas pela chamada de propostas: econômica, direito e saúde. Os proponentes devem, ainda, atender às condições e restrições do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (Pite) da Fapesp. As informações completas sobre o processo de inscrição estão disponíveis no site da Fapesp: www.fapesp.br/9501.

O superintendente-executivo do Iess reforça a importância da iniciativa, que amplia a atuação do Iess como agente de fomento a pesquisas relevantes para o amadurecimento do setor de saúde suplementar. "O Prêmio Iess condecora, já há quatro anos, os melhores estudos de pós-graduação que trazem bases científicas capazes de contribuir com a sustentabilidade da saúde suplementar. Agora, por meio da parceria com a Fapesp, esperamos alcançar mais pesquisadores e impulsionar, cada vez mais, a produção desses estudos e pesquisas no país", avalia Carneiro.