Notícia

Jornal de Piracicaba online

Secretário de Indústria deixa o cargo

Publicado em 19 dezembro 2007

No mesmo dia em que anunciou a titular da Semtre (Secretaria Municipal do Trabalho e Renda), o prefeito Barjas Negri (PSDB) assinou a exoneração de Luciano Tavares de Almeida, que deixa o comando da Semic (Secretaria Municipal de Indústria e Comércio) para assumir o cargo de secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Desenvolvimento a convite do titular da Pasta e vice-governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman. "Aceitei o desafio porque o governo quer dar uma nova linha de desenvolvimento ao Estado, com foco à atração de investimentos. Foi o que fiz nestes três anos em Piracicaba", afirmou.

Ao anunciar oficialmente o novo cargo, durante reunião do Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool) na tarde de ontem, Almeida fez questão de frisar que não está "abandonando" Piracicaba. "Pelo contrário, serei um 'braço' de Piracicaba no governo do Estado." A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Desenvolvimento informou que a exoneração de Carlos Américo Pacheco, atual secretário-adjunto da Pasta, sai até amanhã. Ele deixou o cargo, conforme a assessoria, por motivos pessoais. Logo em seguida, Almeida já poderá ser nomeado.

Almeida disse que conheceu Goldman há pouco tempo, durante as negociações para a instalação de uma empresa prestadora de serviços a Boeing em Piracicaba. Os contatos se tornaram mais freqüentes com a liderança do ex-titular da Semic em projetos como o do Parque Tecnológico e do próprio Apla e durante o processo de instalação da CJ Corp em Piracicaba. Almeida se reuniu anteontem com o governador José Serra (PSDB) e Goldman para discutir o novo foco de desenvolvimento buscado para o Estado. A Secretaria Estadual de Desenvolvimento concentra a Coordenadoria de Ciência e Tecnologia, o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), o Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares), a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa) e o Centro Paula Souza.

Barjas Negri considerou uma "promoção" a ida de Almeida para o governo estadual. O prefeito, porém, disse não ter pressa em designar o novo titular da Semic, que não necessariamente deverá ser um empresário. "Não deixa de ser uma perda para o município, mas os projetos da Semic estão todos definidos para 2008. Vou pensar no novo titular somente em janeiro ou fevereiro", falou. Esta é a terceira baixa do secretariado da administração tucana. As anteriores, em 2005 e 2006, atingiram, respectivamente, o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) e a Secretaria Municipal de Turismo.