Notícia

Notícias Botucatu

Secretário de Educação de São Paulo pede demissão

Publicado em 04 dezembro 2015

O secretário de Educação do estado de São Paulo, Herman Voorwald, entregou pedido de exoneração ao governador Geraldo Alckmin. Voorwald liderava o processo de reorganização escolar que seria implantado em 2016 e levaria ao fechamento de 93 escolas. A informação de que Voorwald deixou o cargo foi confirmada pela Secretaria de Educação.

No início da tarde, o governador Geraldo Alckmin anunciou a suspensão da reorganização para abertura de diálogo com a comunidade escolar no próximo ano.

"Nossa decisão é adiar a reorganização e rediscuti-la escola por escola, com a comunidade, com os estudantes e, em especial, com os pais dos alunos”, disse o governador em entrevista coletiva. Os estudantes permanecem estudando nas escolas onde estão matriculados.

Com a reorganização, os alunos seriam separados por ciclo escolar (fundamental 1 e 2 e médio). A medida enfrenta resistência de alunos, pais e professores. Mais de 200 escolas foram ocupadas para reivindicar a suspensão da reorganização, que afetaria 311 mil alunos. Ontem (3), Ministério Público e Defensoria Pública entraram com um pedido de liminar para suspender a medida.

Sobre o ex-secretário

Natural de Rio Claro, interior paulista, foi reitor da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de janeiro de 2009 a dezembro de 2012, professor titular do Departamento de Materiais e Tecnologia da Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá (FEG) da Unesp desde 1996 e membro do Conselho Superior da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e da Associação Brasileira de Ciências Mecânicas.

Herman Voorwald foi também vice-reitor e assessor-chefe de Planejamento e Orçamento da Unesp no quadriênio 2005-2009.

É formado em engenharia mecânica pela Unesp, mestre em engenharia mecânica pelo ITA e doutor em engenharia mecânica pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em 1988. Neste ano, concluiu também um pós-doutorado na Bélgica.

Da Agência Brasil