Notícia

Maxpress

Secretária Mônika Bergamaschi visita 9ª Feinco nesta quarta-feira

Publicado em 13 março 2012

A secretária de Agricultura do Estado de São Paulo, Mônika Bergamaschi, fará uma visita nesta quarta-feira, dia 14 de março, na 9ª edição da Feira Internacional de Caprinos e Ovinos (Feinco). A visita está programada para as 10horas, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, onde o evento está sendo realizado até a próxima sexta, 16 de março.

Na oportunidade, Mônika Bergamaschi participará da abertura da reunião da Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos, para conversar com os produtores que devem discutir as propostas para o setor paulista. Durante a reunião também serão apresentados os resultados do projeto "Determinação da condição sanitária dos rebanhos de caprinos e ovinos do Estado", realizado pelo do Instituto Biológico da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (IB/Apta/SAA). Os resultados mostram as metodologias desenvolvidas para análise de custo na produção de cordeiros pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (USP), e a apresentação do estudo para implantação de miniabatedouros pelo Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi) por técnicos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Logo depois, a secretária deve conferir as atividades realizadas durante o Workshop do Instituto de Zootecnia, que neste dia terá como temas "Consórcio de milho safrinha e plantas forrageiras" , "Consórcio de milho safrinha e plantas forrageiras", "Manejo de pastagens; importância e reflexos no desempenho e bem-estar dos ovinos", "Resistência a verminose no Estado - situação e perspectiva" e a apresentação do Programa de Seleção de Ovinos de Corte (confira a programação abaixo).

Calendário de atividades da SAA durante a 9ª Feinco

Até sexta-feira, 16 de março, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo segue com programação intensa na Feinco. A Feira Internacional de Caprinos e Ovinos abre as portas do Centro de Exposição Imigrantes, na capital paulista, das 9 às 20h.

Durante toda semana, a SAA permanece com estande onde os produtores serão atendidos por toda equipe de pesquisadores e técnicos e poderão tirar dúvidas e conhecer programas de financiamento, além de conferir as propostas da pasta para toda cadeia produtiva.

No estande da Secretaria, a Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado (CDA), que tem o Programa Estadual de Sanidade dos Ovinos e Caprinos (Pesco), vai informar os interessados sobre onde abater seus animais - estabelecimentos inscritos no Serviço de Inspeção de São Paulo (Sisp), que seguem todas as normas em vigor. Também será dada orientação do Centro de Defesa Sanitária Animal (CDSA) sobre toxoplasmose, doença transmissível para humanos pela ingestão de carne crua. Haverá, ainda, exposição de produtos como queijos de cabra e cortes de ovinos inspecionados pelo Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Cipoa).

O Instituto de Cooperativismo e Associativismo (ICA), também ligado à Codeagro, marca presença na Feinco tirando as dúvidas dos produtores e realizando a atualização do cadastro das organizações sociais ligadas ao setor da caprino e ovinocultura.

O Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista da Secretaria (Feap) vai intensificar durante a Feinco a divulgação das suas linhas de crédito voltadas à criação de caprinos e ovinos. Elas objetivam a melhoria da infraestrutura de produção e beneficiamento, aquisição de reprodutores e matrizes de bom potencial genético de desempenho zootécnico. O destaque é que a garantia, que tinha valor mínimo de 150% do valor do financiamento, passou para 100%, atendido o parâmetro de enquadramento do produtor de até R$ 600 mil de renda bruta agropecuária anual - não mais R$ 400 mil. O teto de financiamento é de R$ 100 mil por produtor e o prazo de pagamento de até sete anos, incluindo carência de dois para começar a pagar. Os juros são de 3% ao ano.

O IB, como citado anteriormente, durante a reunião da Câmara Setorial, divulgará os resultados de um projeto de sanidade feito com a colaboração da CDA e financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) entre 2008 e 2011, que teve como objetivo principal avaliar a situação das principais enfermidades infecciosas e parasitárias prevalentes em caprinos e ovinos no Estado, com vistas à adequação do setor.

O instituto também disponibilizará no estande informações sobre os exames para diagnóstico de enfermidades animais, além de divulgar o Boletim Técnico de Sanidade na Ovinocultura, que traz algumas dessas doenças, métodos de controle e possíveis tratamentos.

Workshops - O Instituto de Zootecnia (IZ), além de disponibilizar especialistas no estande da Secretaria para tirar dúvidas e informar sobre as áreas de trabalho e pesquisas, também vai se reunir com parceiros e apresentar ovinos das raças morada nova e dorper. No local serão comercializados boletins técnicos de diversas áreas, produzidos por pesquisadores do instituto.

Nesta terça-feira, o IZ realiza o II Workshop sobre Produção Sustentável de Ovinos, a partir das 8h30. A programação inclui abertura, às 10 horas, com o diretor João José de Assumpção Abreu Demarchi. Na sequência, o pesquisador Waldssimiler Teixeira de Mattos falará sobre formação de pastagens "o primeiro passo para o sucesso". Na parte da tarde, às 14horas, palestra sobre "Melhoria da qualidade das pastagens através da consorciação", ministrada pela pesquisadora do IZ Luciana Gerdes.

Na quarta-feira, às 9 horas, é a vez da também pesquisadora do IZ, Karina Batista, expor sobre "Consórcio de milho safrinha e plantas forrageiras". Às 9h50, o tema é "Sistema silvipastoril na ovinocultura: ferramenta para o desenvolvimento tecnológico", com a pesquisadora da Apta Regional Cristina Maria Pacheco Barbosa. Às 11 horas, depois do café, o assunto em destaque é "Manejo de pastagens; importância e reflexos no desempenho e bem-estar dos ovinos", com o pesquisador do IZ, Luiz Eduardo dos Santos. Após o almoço, às 14 horas, as pesquisadoras da Apta Regional Lenira El Faro e Claudia Cristina Paro de Paz tratam do Programa de Seleção de Ovinos de Corte. Às 14h30, "Resistência a verminose no Estado - situação e perspectiva" será o tema desenvolvido pela pesquisadora do IZ Cecília José Veríssimo.

Na quinta, às 9 horas, o assunto é "Reprodução eficiente em diferentes sistemas de produção", com o pesquisador do IZ Ricardo Lopes Dias da Costa. Às 9h50, "Mercado e avaliação econômica na terminação de cordeiros", com o zootecnista Gustavo Luis Ming Martini, da Marfrig.

Às 10h40, intervalo para o café. Depois (11 horas), o pesquisador Mauro Sartori Bueno, do IZ, trata sobre "Alimentos e alimentação nas diferentes categorias - dietas tradicionais e alternativas". O encerramento está previsto para as 12 horas.