Notícia

Correio Popular

Seade lança o Paep 2001 em Campinas

Publicado em 14 agosto 2002

Por Renata Freitas - Do Correio Popular - rfreitas@cpopular.com.br
Fornecer informações para estatísticas para fomentar o desenvolvimento econômico e a geração de empregos no Estado de São Paulo é o objetivo principal da Pesquisa da Atividade Econômica Paulista 2001 (Paep), que será realizada pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) este ano. O diretor Adjunto de Produção de Dados da Fundação Seade, Luiz Henrique Proença Soares, esteve em Campinas ontem para o lançamento do trabalho. A Paep 2001 irá incluir mais de 43 mil empresas, das quais 1.131 na cidade de Campinas. A pesquisa irá fornecer dos individualizados relativos a 16 regiões administrativas do Estado e às regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas e Baixada Santista. Na Região de Campinas, integrarão a Paep 2001, mais de seis mil empresas, das quais 2.805 da Região Metropolitana e outras 3.347 da Região Administrativa. Uma primeira Paep foi realizada em 1997, com dados referentes ao ano de 1996. Soares ressalta que a Paep 2001 é o mais amplo levantamento da economia paulista já realizado. E esta segunda edição traz algumas novidades, como a ampliação de segmentos setor de serviços e a inclusão de aspectos como inovação tecnológica, comércio eletrônico e responsabilidade social. "É preciso conhecer a postura das empresas paulistas em relação a esses assuntos para aferir sua competitividade no mercado", diz. Os setores pesquisados este ano são indústria, com 17 mil empresas; comércio, com 9,7 mil; construção civil, 2,8 mil; serviços, 12 mil; e bancos/instituições financeiras, 1,4 mil. Segundo Soares, o levantamento estatístico irá permitir a desagregação de 74 segmentos de atividades. "Não há pesquisa econômica, no Brasil, que traga esses números", destaca. Irão participar do levantamento todas as empresas com mais de 30 pessoas ocupadas, nos setores da indústria e do comércio; e com mais de 100, no setor de serviços. Empresas com quantidade menor de funcionários nestes segmentos terão uma amostra representativa na Paep 2001. O agendamento das entrevistas com as empresas terá início na próxima semana. O trabalho de coleta de informações deverá durar seis meses e para isso a Paep 2001 conta com uma equipe de 86 técnicos e 1.092 pesquisadores atuando em campo. O Seade implantou 21 escritórios em todo o Estado, três deles estão na Região Administrativa de Campinas. A expectativa é que os primeiros resultados sejam divulgados dentro de um ano. Os resultados serão divulgados em relatórios de análise, que estarão disponíveis para acesso em CD-ROM e pela Internet. Soares enfatiza que as informações fornecidas pelas empresas serão preservadas pelo sigilo estatístico.