Notícia

Revista Amazônia

Saúde Mental: inclusão e a arte do encontro

Publicado em 27 julho 2017

Agência FAPESP – O Arquivo Público do Estado de São Paulo (Apesp) e o Instituto Butantan promoverão o seminário “Saúde Mental: inclusão e a arte do encontro” no dia 3 de agosto de 2017. Evento encerrará a exposição “Mais que humanos. Arte no Juquery “, em cartaz no Apesp desde 25 de maio.

O objetivo do evento é difundir os documentos produzidos por instituições de saúde pública e as mudanças ocorridas ao longo do tempo no tratamento da saúde mental, como as terapias de choque e a arte como trabalho de inclusão social, além de abordar a história da constituição dos Centros de Convivência e Cooperativa (CEcco).

O seminário ocorre a partir das 9 horas no auditório do Arquivo Público (rua Voluntários da Pátria, 596, Santana, São Paulo) e é realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e os Ceccos das unidades Jaraguá, Perus, Pirituba e São Domingos.

Entrada franca, com inscrições pelo site do Apesp.

A partir da seleção feita pelo curador Ricardo Rezende, a exposição “Mais que humanos. Arte no Juquery” expõe no Arquivo do Estado esculturas em argila e pinturas que foram realizadas no “Ateliê Livre” implantado pelo Dr. Osório César, em 1952, que acreditava na arte como meio de tratamento para seus pacientes.

Mais informações: www.arquivoestado.sp.gov.br/seminario_saude_mental/ ou pelo telefone (11) 2089-8100.

Agência FAPESP