Notícia

Correio do Povo (Porto Alegre, RS)

Saúde é tema de milhares de sites

Publicado em 14 março 2000

A saúde também encontrou seu espaço na Internet. Segundo a Fundação de Amparo à ido Estado de São Paulo (Fapesp), já são quase 600 sites e portais em português no Brasil, registrados somente com domínios terminados em med.br. Os serviços desses portais englobam notícias, debates, entrevistas, chats, compras e até consultas on-line, com especialistas de diversas áreas da saúde. Conforme o Departamento de Comércio dos Estados Unidos, até 2003, a Internet terá mais de 60 milhões de consumidores que falam português e espanhol. Com base nesse potencial de consumo, dois grandes portais latino-americanos de saúde, o Salutia.com (www.salutia.com) e o MedicoUno (www.medicouno.net) criaram a companhia Salutia MedicoUno Network. O portal tem conteúdo local e regional para as comunidades da América Latina e para os latinos que vivem nos Estados Unidos. Sebastian Popik, um dos fundadores e CEO da companhia, diz que a indústria de atendimento à saúde está em crescimento explosivo e vai movimentar negócios em tomo de 200 bilhões de dólares só na América Latina, nos próximos anos. No Brasil, o gasto per capita com medicamentos e serviços com médicos chega a 291 dólares, movimentando 46 bilhões de dólares ao ano. Para participar desse bolo, 30 empreendedores brasileiros, liderados por Armando Klabin, do conselho de administração das indústrias Klabin, investiu 30 milhões de dólares no portal Planeta Vida (www.planetavida.com.br), dedicado à saúde e dirigido ao público leigo. O portal contém notícias e dicas sobre nutrição, família, estética, prevenção de doenças e sexualidade. Em breve, vai comercializar medicamentos, cosméticos e seguros. Para este mês está prevista a estréia do MedCenter (www.medcenter.com.br), projeto de 80 milhões de dólares na AL. A MedCenter comprou os serviços brasileiros MedReporter, MedStudents, MedLivros e a Odontologia, para enriquecer o portal.