Notícia

Estadão.com

São Paulo ganha primeiro laboratório de grafeno da América Latina

Publicado em 03 março 2016

Por Thiago Sawada
A Universidade Presbiteriana Mackenzie inaugurou ontem o primeiro laboratório da América Latina especializado em grafeno. Fino, resistente e derivado do carbono, o material deu o Nobel de Física de 2010 a seus criadores e pode, nos próximos anos, revolucionar a indústria, a engenharia e o setor de tecnologia. Construído com uma parceria entre o Mackenzie, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Centro de Pesquisa Avançadas em [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.