Notícia

Rádio Agência Nacional (EBC)

São Paulo ganha 33 posições em ranking de contribuição à ciência

Publicado em 07 outubro 2021

A cidade de São Paulo subiu 33 posições no ranking da Nature Sciences Index de cidades que mais contribuem para a ciência de alto Impacto no mundo. Na edição do ano passado a capital paulista estava na posição 172 e nesta edição subiu para a posição 139 sendo a única cidade latino-americana a figurar no ranking. A cidade de Pequim, na China, lidera a lista de países pelo quarto ano seguido, à frente de Nova York, Boston, São Francisco e Xangai.

O ranking é baseado nas afiliações institucionais dos autores de artigos publicados em 82 revistas científicas de alto impacto internacional monitorados pelo Nature Index, como as revistas Nature, Science e Cell. As escolhas também foram validadas por uma pesquisa com mais de 6 mil cientistas em todo o mundo.

A atual edição da lista cobre artigos publicados entre 1º de janeiro de 2015 e 31 de dezembro de 2020, abrangendo o início da pandemia de covid-19.

A Fapesp, Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de São Paulo, uma das agências de fomento que contribuiu com a subida do ranking da capital paulista destacou o investimento feito no portal de periódicos da Capes, que disponibiliza artigos e conhecimentos científicos à toda a comunidade acadêmica e que grandes instituições federais e universidades do país estão localizadas na capital.