Notícia

Info Exame online

São Paulo e EUA criam grupo para cooperação em pesquisa

Publicado em 28 março 2013

São Paulo - O governador Geraldo Alckmin e o embaixador norte-americano no Brasil, Thomas Shannon, anunciaram nesta segunda-feira (25/03), no Palácio dos Bandeirantes, a criação de um Grupo de Trabalho (GT) bilateral São Paulo-Estados Unidos. É a primeira vez que os Estados Unidos formalizam uma relação bilateral com um governo estadual na América Latina.

O GT tem o objetivo de desenvolver projetos e programas de cooperação nas seguintes áreas: Educação; Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação; Segurança e Justiça; Comércio e Investimento; e Cooperação Bilateral com a África.

Em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, o anúncio do GT destaca a realização de novos acordos entre a FAPESP e universidades paulistas e instituições de ensino superior dos Estados Unidos visando à cooperação e o intercâmbio de pesquisadores em áreas de interesse comum.

A FAPESP mantém diversos acordos com instituições de ensino superior dos Estados Unidos, como o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e as universidades da Carolina do Norte, Ohio, Califórnia em Davis, Califórnia do Sul, Flórida e Michigan.

Entre as outras prioridades do Grupo de Trabalho até 2014 estão o fortalecimento do Programa de Intercâmbio Cultural do Centro Paula Souza e a participação de policiais civis e militares em cursos de formação nos Estados Unidos nas áreas de segurança pública como nos combates ao tráfico de drogas, aos cybercrimes, à pirataria, à pedofilia, à falsificação de moeda e cartões de crédito e ao crime organizado.

"É um momento simbólico e histórico como mencionou o governador Alckmin durante a audiência com o embaixador Shannon. A criação desse Grupo de Trabalho é um sinal de reconhecimento do peso do Estado de São Paulo e do Brasil no mundo e contribui para o aprofundamento das relações com os Estados Unidos", disse Rodrigo Tavares, assessor especial para Assuntos Internacionais do Governo do Estado.

Por Agência FAPESP