Notícia

Revista Globo Rural

Santa' Anna faz 30ª leilão

Publicado em 01 outubro 2019

Tradicionalmente os negócios da familia Mineiro trouxeram inovações à pecuária brasileira. Eles foram um dos primeiros a criar brangus; trouxeram do Paraguai um rebanho inteiro da raça branha melhor adaptado às condições do país; estiveram envolvidos no sequenciamento do genoma do zebu, outra experiência pioneira nos trópicos; participaram do programa do novilho super precoce; e fundaram a Central Bela Vista, onde coletavam, embalavam e armazenavam o sêmen de grandes reprodutores. Para a venda do sémen, feita pelos pecuaristas donos dos touros, criaram o catalogo De criador para Criador, outra inovação. Durante muito tempo, foi a unica central a trabalhar com esse sistema.

A familia Mineiro é formada por Jovelino Mineiro, sua mulher, Maria do Carmo, e o filho Bento. Todo o resultado dos investimentos e da seleção de alta qualidade feitos pela familia foi visto no dia 15 do mês passado, em Rancharia (SP), no 30 Leilão Fazendas Sant' Anna. Sim, o pregão estava comemorando três décadas de realizações. Foi nesses 30 anos que a pecuária brasileira registrou os maiores avanços produtivos. A idade de abate dos animais, por exemplo, caiu de cinco para menos de dois anos.

Já o peso de carcaca aumentou de l6 arrobas para 20 arrobas e, decididamente, o Brasil passou de importador a maior exportador mundial de carne bovina, Ao longo desses anos, 0 pregão recebeu pecuaristas de todo o pais. Se consolidou, assim, como um dos mais movimentados e tradicionais de ofertas de zebu inos. Em setembro, foram negociados 129 reprodutores nelore, a uma média de RS 11 mil; 12 touros brahman obtiveram de média RS 13.675; seis touros gir atingiram RS 5.300; e duas fêmeas girsey alcançaram R$ 9.900. Portanto, o resultado total pela comercialização dos 149 animais foi de RS 1,6 milhão.

Em relação aos preços obtidos no ano passado, a valorização foi de 27%. Para Bento Mineiro, diretor da Sant Anna, “ isso mostra que o mercado de reprodutores está em uma trajetória de alta ”. Ele acredita que os pecuaristas estão fazendo uma clara aposta na valorização da arroba do boi. “ Se você olhar o mercado futuro, verificará que é realidade o que estou dizendo. ” Na última semana do mês passado, o mercado futuro da B3 projetava a arroba a RS 165 para o mês de dezembro. RAÇA Além disso, Bento mostra-se otimista com a abertura de novos mercados para o produto brasileiro, “ por conta dos recentes acordos internacionais que o governo vem fazendo ”.

"O consumo interno dessa proteina animal também deve melhorar como resultado das reformas em curso que estão sendo feitas pelo governo federal. E certo também que a liberação para exportações de carne de novos frigorifico s para a China vai dar impulso a esse mercado ”, diz.

A crise causada pela peste suina africana no rebanho chinês e gravis sim a. Não há carne no mundo para atender à atual demanda daquele pais, explica Bento. Em setembro, novo alento surgiu com a liberação, pela China, de 25 novos estabelecimentos exportadores de carne brasileiros. Jovelino Mineiro também ficou satisfeito com os resultados do leilão. Em sua avaliação, esse mercado deverá entrar em um ciclo de alta após mais de cinco anos praticamente estagnado.

A procura por touros nessa temporada de monta natural, a pasto, continua grande. “E os animais que ofertamos resultam de um apurado aperto de seleção. Acompanhamos a performance deles nas fazendas dos nossos clientes e ouvimos suas opiniões. Isso tudo nos orienta na linha de melhoramento genético que adotamos.'' Durante o leilão, também foram ofertadas duas fêmeas gir sey, cruzamento da raça gir com a jersey, ambas produtoras de leite. Gracas a matéria-prima, o queijo Mandala, produzido pela familia, foi o campeão no 1 Concurso Mundial do Queijo, em Araxá (MG), organizado pelos franceses.

Ele ficou à frente de um queijo australiano e de outro francês. Pai e filho não descartam o uso de tecnologia para produzir animais produtivos e com excelente carga genética. Mas Bento ressalva que so a tecnologia não é suficiente: “ E preciso ter boas ideias também. Nossa proposta com o girsey é produzir leite de qualidade, valorizar o leite do zebu ”. Jovelino define a filosofia adotada nas Fazendas Sant Anna e como vê o futuro da pecuária brasileira: “ Todo pecuarista brasileiro responsável deveria ter sempre como objetivo a melhoria do nelore. O nelore, que veio da Índia, é nosso maior projeto nacional coletivo com imenso sucesso. Em poucas décadas, transformamos um animal de tração num animal excepcional para produzir carne de qualidade nos trópicos ”.

Bento Mineiro lembra ainda que a Sant Anna é pioneira no uso de ultrassom na avaliação de carcaca, tecnologia incorporada na distante década de 1980. E mais: “ Junto com a Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp), financiou os projetos do novilho super precoce e do Genoma do Boi, trabalho conduzido pela Unesp de Jaboticabal, em 2003, cuja importância ficou registrada no impulso dado à ciência no pais ”. ES “ Colaborou o editor Sebastião Nascimento Gado no curral antes da entrada para remate, em Rancharia (SP)| e GLOBO RURAL 5/