Notícia

Revista Concerto

Safo Novella

Publicado em 01 outubro 2008

Por Silvana Ruiffer Scarinci

Uma poética do abandono nos lamentos de Barbara Strozzi, Veneza, 1619-1611

 

Barbara Strozzi foi cantora e compositora do século XVII com uma notável produção. Fugindo dos padrões da época, não se casou e teve quatro filhos. Como compositora, escreveu oito volumes de cantatas. Como, num local onde uma pequena elite econômica e política controlava a produção artística, pôde nascer a cantata, forma musical que burlava as convenções vigentes? E como justamente uma mulher veio a atingir uma alta posição entre os artistas dessa forma musical? Foram essas questões que nortearam o trabalho de Silvana Scarinci, originalmente uma tese de doutorado. Além do estudo, a bela edição traz partituras e a letra de algumas obras, bem como um CD com a gravação de sete cantatas de Barbara Strozzi, interpretadas pela soprano Marília Vargas acompanhada por um conjunto de instrumentistas de época. Lançamento Algol/Edusp/Fapesp. 291 páginas0. Com CD. R$ 95,00. Desconto de 10% para assinantes.