Notícia

Meio Filtrante online

Sabesp cria nova área para seguir com seus planos de expansão

Publicado em 25 maio 2010

Para dar prosseguimento aos seus planos de expansão, a Sabesp criou uma nova superintendência: a de Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação. A nova área será responsável, entre outras ações, por coordenar estudos de tendências tecnológicas, definir a carteira de projetos de pesquisa da companhia e captar recursos financeiros junto às agências de fomento.

Além de possibilitar a melhoria de processos operacionais, permitirá que a empresa amplie seu portfólio de tecnologias a serem oferecidas no mercado.

Serão três departamentos. O de Prospecção Tecnológica e Propriedade Intelectual irá avaliar tendências tecnológicas e de mercado, captar novas idéias, desenvolver parcerias com os demais setores da cadeia produtiva de saneamento fornecedores de materiais, equipamentos e prestadores de serviços , identificar tecnologias que possam se constituir em novos negócios e coordenar os processos de gestão de propriedade intelectual.

O de Execução de Projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação terá como atribuição a definição, contratação e acompanhamento de projetos, além da avaliação de resultados. Já o Departamento de Acervo e Normalização Técnica disseminará internamente as normas e práticas para os processos tecnológicos operacionais. Além disso, será responsável pela organização do acervo técnico da Sabesp e atuará junto ao Poder Legislativo e conselhos federais e estaduais para assuntos relacionados à elaboração de leis específicas.

Parceria com a Fapesp - Uma das primeiras ações desenvolvidas pela nova superintendência será a definição dos projetos de pesquisa a serem apoiados pela companhia em parceria com a Fapesp Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo . Em maio do ano passado foi assinado um termo de cooperação para o investimento em projetos de pesquisas científicas e tecnológicas na área de saneamento. Com validade de cinco anos e custo estimado de R$50 milhões 50% de desembolso para cada parte , o contrato tem como objetivo desenvolver e financiar projetos para tratamento e distribuição de água e esgoto, monitoramento de qualidade da água, eficiência energética, entre outros temas.

Quarenta e seis projetos das principais instituições de pesquisa do Estado de São Paulo foram inscritos na primeira chamada pública do convênio, que recebeu inscrições até o dia 12 de abril. Nesta primeira etapa, até R$ 10 milhões serão investidos.

A Sabesp poderá usufruir dos projetos apoiados, melhorando suas práticas operacionais e ampliando as tecnologias a serem oferecidas ao mercado, como o contrato fechado em janeiro passado com a Companhia Espírito Santense de Saneamento Cesan . O acordo possibilitou o licenciamento de software desenvolvido pela empresa para a automação dos sistemas produtores de água tratada de dois municípios capixabas.

Amparada pelas leis estaduais nº s 12.292/2006 e 1.025/2007, a Sabesp tem desenvolvido um plano consistente para aumentar sua participação nos mercados nacional e internacional. A Superintendência de Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação é a segunda área criada com esse objetivo. A primeira foi a de Novos Negócios, responsável por identificar novos mercados e demandas a serem explorados.

Publicado por: http://site.sabesp.com.br/