Notícia

Propaganda e Marketing

Roda Viva tem memória

Publicado em 23 junho 2008

TV Cultura lançou na semana passada (16) o canal de pesquisa na internet Memória Roda Viva, que disponibiliza para consulta gratuita as entrevistas do programa “Roda Viva”. A página pode ser acessada pelos links www.tvcultura.com.br/rodaviva ou www.rodaviva.fapesp.br. O projeto é uma iniciativa conjunta entre a Fundação Padre Anchieta, a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Com investimento de Rs 500 mil — sendo Rs 300 mil investidos pela Fapesp e os outros Rs 200 mil pela Fundação Padre Anchieta — o Memória Roda Viva é voltado para o público em geral e pesquisadores. A Unicamp é responsável pela edição do conteúdo, que é feito pelo Labjor (Laboratório dê Estudos Avançados de Jornalismo) e pelo Nepp (Núcleo de Estudos de Políticas Públicas).

O Memória Roda Viva não contará com espaço publicitário, mas Paulo Markun, presidente da Fundação Padre Anchieta, afirma que estuda apoios de empresas privadas. “O portal Roda Viva, que ainda será lançado, terá espaço publicitário. Mas o Memória Roda Viva não; só contará com financiamento da Fapesp

e, quem sabe, de empresas privadas”, comenta. Inicialmente, o site disponibilizará, na íntegra, 205 entrevistas, feitas ao longo dos 22 anos do programa, com personalidades dos segmentos da ciência, cultura, economia, esporte e política. Entrevistas com Washington Olivetto, Ayrton Senna, Cacá Diegues, Roberto Jefferson, Ziraldo e Fernando Collor de Mello já estão no site. Até o ano que vem, 1.200 programas estarão disponíveis para consulta na página.

“A transposição da TV para a internet não é automática. A TV na internet não é TV. Dessa maneira, a interação de texto com vídeo é uma convergência de mídias interessante”, diz Markun, referindo-se ao fato das entrevistas serem em formato de texto, acrescidas de verbetes explicativos, fotos e um vídeo de dois minutos com o trecho mais importante da entrevista.

Relevância histórica

Segundo Carlos Vogt, coordenador geral do projeto, o Memória Roda Viva possui um funcionamento simples, no qual a pesquisa pode ser feita por meio do nome do entrevistado ou por uma palavra-chave. “Esperamos que o site contribua de maneira significativa para a qualidade de conteúdos na internet em língua portuguesa”, diz Vogt.

De acordo com Markun, o Memória Roda Viva será importante para o público rever entrevistas com personalidades que marcaram época da história brasileira e mundial. Há entrevistados que foram mais de uma vez ao programa, como é o caso de Fernando Henrique Cardoso, Lula, José Serra e Mário Covas. “Os inter- flautas poderão acompanhar a evolução e involução dos pensamentos dos entrevistados e, assim, perceber as coerências e incoerências de suas idéias”.

Atualmente, o Roda Viva é apresentado por Lilian Wit e Fibe, às segundas-feiras, às 22h.