Notícia

Diário da Manhã (RS, Passo Fundo) online

Riscos climáticos são tema de encontro

Publicado em 08 agosto 2012

Os encontros visam fornecer informações sobre possíveis impactos dos extremos climáticos e desastres por região, além de opções de gerenciamento dos potenciais riscos decorrentes. Um desses encontros para divulgar informações científicas sobre possíveis impactos de riscos de extremos climáticos - como ondas de calor, recordes de temperaturas altas e forte precipitação de chuvas - e dos desastres a eles relacionados, bem como as opções disponíveis para o gerenciamento desses impactos será realizado nos dias 16 e 17 de agosto, em São Paulo.

Sob o tema: "Gestão dos Riscos dos Extremos Climáticos e Desastres na América Central e na América do Sul - O que podemos aprender com o Relatório Especial do IPCC sobre Extremos?" na oportunidade será debatido o resultado das avaliações feitas pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) no Relatório Especial sobre Gestão dos Riscos de Extremos Climáticos e Desastres (SREX, na sigla em inglês).

O evento será realizado pela FAPESP e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em parceria com o IPCC, o Overseas Development Institute (ODI) e a Climate and Development Knowledge Network (CDKN), ambos do Reino Unido, e apoio da Agência de Clima e Poluição e do Ministério de Relações Exteriores da Noruega.

Serão abordadas questões como exposição e vulnerabilidade, com observações sobre extremos climáticos, impactos e perdas e opções de gerenciamento de riscos para a melhoria de práticas atuais e futuras.

Composto por nove capítulos e quatro anexos, o SREX foi preparado durante dois anos por 220 autores de 62 países, envolvendo os grupos de trabalho I e II do próprio painel do IPCC.

Os dados e informações contidos no relatório permitem que os formuladores de políticas possam aprofundar as discussões, com base nos resultados e no exame do material em que o IPCC baseia suas avaliações.

O relatório destaca períodos prolongados de altas temperaturas e ondas de calor em diversas regiões do mundo. Indica o provável aumento na frequência de eventos de precipitação intensa ou aumento na proporção do total de chuvas intensas em muitas áreas, em especial nas latitudes elevadas e em regiões tropicais, e no aumento do rigor do inverno nas latitudes médias do norte do planeta.

O documento também aponta um aumento na duração e intensidade das secas em algumas regiões do mundo, incluindo diferentes áreas da América do Sul.

O evento incluirá apresentação do Relatório Especial, sessões especiais para discussão sobre a política nacional e regional e um conjunto, destinados a promover o diálogo e a partilha sobre as implicações das partes interessadas e formuladores de políticas em níveis local, regional e nacional.

O workshop "Gestão dos Riscos dos Extremos Climáticos e Desastres na América Central e na América do Sul" será realizado no Centro de Convenções Albert Einstein - Auditório Moise Safra, Av. Albert Einstein, 627, São Paulo. A participação no workshop é gratuita.