Notícia

Jornal da Unesp online

Rio Preto mapeia língua falada no Noroeste paulista

Publicado em 20 dezembro 2007

Por meio do Projeto Iboruna —"Rio Preto" em tupi guarani—, o Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce), câmpus de São José do Rio Preto, construiu o banco de dados Amostra Lingüística do Interior Paulista (Alip). Nele constam exemplos de fala de 152 informantes da região Noroeste do Estado, provenientes de seis cidades próximas a Rio Preto: Bady Bassitt, Mirassol, Guapiaçu, Cedral, Ipiguá e Onda Verde.

O docente Sebastião Carlos Leite Gonçalves, do Departamento de Estudos Lingüísticos e Literários, coordenador da iniciativa, explica que o estudo levou três anos e envolveu 27 pessoas, entre alunos e professores.

O Alip servirá como comprovação empírica às pesquisas realizadas em Lingüística. No Ibilce, grande parte dos lingüistas trabalha com a linha funcionalista que aborda a língua utilizada no contexto social. "Não fazia sentido utilizarmos dados provenientes do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Rio Grande do Sul e desconhecermos a língua falada por nossa própria comunidade", avalia Gonçalves.

As amostras foram coletadas por entrevistas. Visando a uniformização do material, a equipe definiu algumas variáveis a serem investigadas, como gênero, faixa etária, escolaridade e renda familiar. "A parte mais trabalhosa do projeto não foi a gravação, e sim a transcrição das falas, pois precisávamos garantir uma homogeneidade mínima do material", afirma o docente.

O projeto, financiado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) foi concluído em outubro deste ano e, agora, os dados obtidos estão no site www.iboruna.ibilce.unesp.br

Segundo Gonçalves, este é o primeiro estudo do português falado na região. Além disso, em termos de número de informantes, o ALIP pode ser considerado o segundo maior banco do Brasil, ficando atrás apenas do Varsul (Variação Lingüística Urbana na Região Sul), que reúne amostras de fala dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.