Notícia

Estadão.com

Ricos bebem mais, mas bebida prejudica mais os pobres

Publicado em 18 outubro 2005

Famílias de baixa renda de São Paulo chegam a gastar um terço do orçamento mensal para sustentar o consumo de álcoolSão Paulo - A faixa da população da cidade de São Paulo que ganha entre R$ 5 mil e R$ 10 mil consome uma quantidade maior de bebidas alcoólicas do que a mais pobre. Em contrapartida, as famílias de baixa renda chegam a gastar um terço do orçamento mensal para sustentar esse consumo, muito mais do que os ricos.As afirmações são resultado de uma pesquisa para traçar o perfil socioeconômico do consumo de bebidas [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.