Notícia

Canavieiros online

Reunião que vale uma safra

Publicado em 15 janeiro 2018

Por Diana Nascimento

Para o diretor do Centro de Cana do IAC (Instituto Agronômico), Marcos Landell, a última reunião do ano do Grupo Fitotécnico de Cana-de-açúcar, ocorrida dia 21 de novembro, no auditório do Centro de Cana, em Ribeirão Preto, foi especial. Várias coisas importantes aconteceram na presença do secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, e do diretor geral do IAC, Sérgio Carbonell. “Na ocasião, inauguramos o laboratório de fitopatologia e análises moleculares da cana-de-açúcar, fizemos a entrega do Prêmio Excelência no Uso de Variedades de Cana e o lançamento do projeto ‘O agro contra o câncer’, com apresentação do dr. Edmundo Mauad, diretor do Hospital de Amor”, resumiu.

Vale lembrar que o grupo completou 25 anos em 2017, pois iniciou suas atividades em abril de 1992. Ao congregar fitotecnistas de usinas e cooperativas, pesquisadores e outros profissionais de empresas de insumos, matérias-primas, máquinas, equipamentos, projetos e outros segmentos de produção ligados à cultura da cana, além de aglutinar as principais lideranças técnicas do setor, o grupo atua para que o programa Cana IAC sirva como prospector de demandas determinantes no aprimoramento de linhas de pesquisa científicas.

“Continuamos com bastante vigor, temos o apoio de várias empresas do agronegócio como Dow, Basf, Case, DuPont, Stoller, Syngenta e Bayer, que a cada reunião apresentam suas tecnologias”, ressalta Landell.

Ele também destaca que o programa Cana IAC conta com muitos parceiros da área do agronegócio, pessoas e empresas que ajudam nas experimentações, nas análises de laboratório e de solo, controle biológico e disponibilização de alguns equipamentos (para isso, o grupo tem o apoio das empresas Agroneli, Herbicat, DMLab, Biocontrol, New Farm, Agrivale, Yara, KBM, DMB, Biosoja, Valtra, Sipcam, Assocana e Euroforte, além do Grupo Idea). “O grupo tem ainda a campanha beneficente voltada para instituições carentes que atendem crianças e adultos. Em 2017, arrecadamos 1,5 tonelada de alimentos, que foram encaminhadas para essas instituições”, comemorou o diretor do Centro de Cana.

Um dos pontos altos da reunião foi a inauguração simbólica do laboratório de análises moleculares e fitopatológica que dará suporte para que o produtor de cana esteja ciente da qualidade fitossanitária e pureza genética das cultivares utilizadas.

Ao utilizar cultivares sadias e com identidade genética comprovada, o produtor e o setor sucroenergético poderão esperar melhores retornos em produtividade e longevidade do canavial. Foram investidos na obra cerca de R$ 440 mil, recursos provenientes da Fapesp e do Tesouro Estadual.

A agenda de 2018 do Grupo Fitotécnico de Cana-de-Açúcar já está definida. A primeira reunião está agendada para o dia 06/03 e as próximas serão nos dias 10/04, 29/05, 17/07, 28/08, 09/10 e 20/11, sempre às terças-feiras.

Fonte: Revista Canavieiros