Notícia

Diário da Manhã (GO) online

Reunião fracassa e ocupação na reitoria continua

Publicado em 01 junho 2007

Assessores do governador de São Paulo, José Serra, reuniram-se na noite de ontem com 13 estudantes, que seriam os líderes dos manifestantes que ocupam a reitoria da Universidade de São Paulo desde 3 de maio, mas não chegaram a consenso. A ocupação continua, e as negociações estão suspensas.
Os estudantes saíram em passeata da universidade em direção ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo. Houve confronto com a polícia, que usou gás de pimenta contra os revoltosos.
O secretário-adjunto da Casa Civil, Humberto Rodrigues da Silva, e o assessor de gabinete do governador José Serra (PSDB), Gustavo Húngaro, receberam os estudantes. Faziam também parte da manifestação integrantes de entidades sociais.
As reclamações são contra os decretos do governador José Serra, que, segundo eles, tiram a autonomia das universidades. Ontem, o Diário Oficial do Estado publicou novo decreto sobre o assunto, mais adequado à vontade de professores e alunos da USP e exclui as universidades e a Fapesp de ficar sob maior controle financeiro do Estado. Nos textos originais, as medidas valiam para as autarquias ou fundações mantidas pelo Estado, sem exceção. Cerca de seis mil pessoas participaram do protesto.