Notícia

Diário de Sorocaba

Resultados inéditos na área médica

Publicado em 29 abril 2003

Na edição da última quarta-feira (23 de abril), na página B-4 deste conceituado jornal, foi publicada a reportagem "Pesquisa inédita no mundo é realizada no Brasil com respaldo de Sorocaba". Como coordenadora desta Pesquisa, venho solicitar que seja publicado este texto com algumas informações complementares que diferem um pouco daquelas prestadas pela Assessoria de Imprensa e pela própria direção do Centro de Ciências Médicas e Biológicas (CCMB) de Sorocaba da Puc-SP, e que são as seguintes: A pesquisa teve auxílio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Nosso estudo não é inédito. Nossos resultados sim são inéditos pela situação precária de vida de nosso povo, permitindo a análise da interação genética e nutricional. Os objetivos da pesquisa também estão equivocados no texto preparado pela assessoria do CCMB de Sorocaba, onde consta que "o objetivo foi quantificar e estabelecer qual seria o nível desejável desses três componentes nas parturientes e bebês, dado que não existia no mundo". Também não foi objetivo da pesquisa "aumentar a ingestão de folato pela população, especialmente as mulheres em idade fértil", tal como está escrito na reportagem. Como pode ser observado, há deficiência de vitamina B12 na população estudada, ao lado das deficiências de ácido fólico e ferro. Os verdadeiros objetivos de nossos projetos de pesquisa foram avaliação das concentrações da vitamina B12, ácido fólico e ferro em parturientes e seus recém-nasci-dos, com a finalidade de verificar a deficiência destes nutrientes nestas populações, bem como avaliar a interação entre a deficiência nutricional e alterações genéticas relacionados ao metabolismo destas vitaminas. Esclareço que os resultados desta pesquisa não devem induzir à automedicação das gestantes em geral, mas sim devem conscientizar sobre a importância de se fazer o pré-natal e seguir as orientações médicas. A apresentação de trabalhos em congressos nacionais e internacionais, bem como a publicação destes trabalhos em revistas indexadas nacionais e estrangeiras são uma obrigação de cada pesquisador. A cidade onde foram apresentados os trabalhos no Estados Unidos não é Aspen. PROFESSORA DRA ELVIRA MARIA GUERRA SHINOHARA