Notícia

Agência USP de Notícias

Ressonância magnética no HC/FMRP

Publicado em 23 janeiro 2008

Um novo aparelho de ressonância magnética está sendo instalado nas dependências da Unidade de Ressonância Magnética do Centro de Ciências da Imagem e Física Médica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HC/FMRP) da USP e vai proporcionar o dobro da capacidade de atendimento do serviço e ampliar o campo das pesquisas neurológicas, depois da inauguração em abril.

A instalação do equipamento de alto campo, avaliado em cerca de US$2 milhões, que tem medidas de indução magnética e de densidade de fluxo magnético especificadas em 3t (tesla), integra a execução do Projeto Cooperação Interinstitucional de Apoio às Pesquisas sobre o Cérebro (CinAPCe), financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), com o objetivo de promover o desenvolvimento das pesquisas em neurociências nos próximos quatro anos.

O Hospital das Clínicas foi selecionado pela Fapesp para sediar um Centro de Pesquisa em Ressonância Magnética por meio da apresentação de um projeto que teve a participação de 21 pesquisadores do campus da USP em Ribeirão Preto. O grupo foi liderado pelos docentes da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) Américo Sakamoto e João Pereira Leite, do Departamento de Neurologia, Psiquiatria e Psicologia Médica, e Antônio Carlos dos Santos, do Departamento de Clínica Médica, e também pelos docentes da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) Oswaldo Baffa e Draulio Araújo, da disciplina de Física Médica.

Na Unidade de Ressonância Magnética do HC de Ribeirão, onde a capacidade de exames de 500 pacientes/mês era proporcionada desde 1996 por um equipamento de 1,5 tesla, a introdução do equipamento de 3t deve dobrar o número de atendimentos e principalmente ampliar os horizontes da pesquisa.

Mais informações: (0XX16) 3602-2612; e-mail imprensa@hcrp.fmrp.usp.br