Notícia

Jornal de Brasília

Remédios da fauna

Publicado em 08 abril 2005

O Coinfar (consórcio que reúne as empresas Biosintética Farmacêutica, Biolab-Sanus e União Química) e o Instituto Butantan anunciaram, na semana passada, a liberação de investimentos da ordem de R$ 10 milhões nos próximos dois anos, para a pesquisa e produção de substâncias derivadas de um quarteto da fauna brasileira — jararaca, cascavel, carrapato-estrela e uma espécie de taturana. A idéia é criar novos medicamentos contra hipertensão, dor e câncer totalmente desenvolvidos no País. Se alguma das novas moléculas chegar ao mercado, o que ainda deve demorar vários anos, já que nenhuma ainda passou da fase de testes em animais, cerca de 5% dos lucros serão repassados ao Butantan, aos cientistas-chefes de cada projeto e à Fapesp - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, que também apóia os estudos.