Notícia

Jornal da Tarde

Registro de domínios tem 'despachantes'

Publicado em 01 fevereiro 2001

Por Roseli Andrion
Para colocar uma página na internet, você pode precisar de algo além de uma simples idéia. Se quiser ter um domínio próprio, além de desenvolver o layout do site, você precisa pensar na hospedagem e no registro desse nome. No Brasil, somente a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) tem autorização do Comitê Gestor (CG) para registrar os domínios. No resto do mundo apolítica é diferente: em um sistema descentralizado, sob o comando da Network Solutions, vários agentes de registro fazem esse trabalho. O CG, responsável pelas diretrizes da internet brasileira, está sendo pressionado pela iniciativa privada para permitir que o procedimento seja descentralizado. O argumento de Ivan Moura Campos, coordenador do CG, é que não existem credenciados para fazer o registro porque não há necessidade. Entretanto, ele diz que não pode impedir que as pessoas se ofereçam para prestar serviços a terceiros. Vários sites oferecem o registro de domínios como um de seus serviços. Funcionam como "despachantes" virtuais: reúnem a documentação do cliente e a entregam à Fapesp para que esta efetue o cadastro. DETALHES TÉCNICOS Um dos pré-requisitos para se registrar um domínio é a configuração do DNS (servidor que converte os domínios em números IP que identificam cada máquina na rede). Para cadastrar um nome no Registro.br (http://registro, br), você terá de fornecer o número do servidor de DNS que hospedará o site. Algumas empresas, como a norte-americana Bulk Register, oferecem serviços agregados ao registro de domínios. "Para as extensões .com, .nete .org, estamos autorizados a fazer direta-mente o cadastro. No caso das .br, configuramos o DNS para o cliente, fazemos a intermediação entre ele e a Fapesp, e oferecemos suporte", explica Cristiana Parada, vice-presidente da empresa. Há serviços, como o Armazém Virtual e a Hospedagem de Domínio, que oferecem pacotes mais completos: desenvolvem o site, registram e hospedam o domínio. Mas se você preferir registrar seu domínio diretamente na Fapesp e ainda tem dúvidas, navegue no ABC do Registro. Os adeptos do "faça-você-mesmo" podem encontrar dicas interessantes na Websitehouse. Há indicações de bons programas para desenvolvimento de homepages, endereços para hospedagem gratuita de páginas, para divulgação em sites de busca e para você encontrar ferramentas para incrementar seu site.