Notícia

Oeste Notícias

Reestruturação de museu é concluída

Publicado em 22 fevereiro 2005

Foi concluída a reestruturação do Museu Municipal Antonio Sandoval Netto de Presidente Prudente, realizada por um grupo de professores e alunos da FCT (Faculdade de Ciências e Tecnologia) da Unesp (Universidade Estadual Paulista). Criado em 1975, há quatro é realizado um projeto que envolve dez docentes e 150 alunos. Ao to do foram investidos R$ 135 mil, financiados pelo Pro grama de Políticas Públicas da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). As informações são do Portal da Unesp. A docente do Departamento de Planejamento da FCT, Ruth Künzli conta que inicialmente os trabalhos foram divididos em duas etapas. "Cuidamos da organização e informatização de consulta a documentos, recortes de jornais, mapas e fotos históricas", afirma. "Como não se sabia exatamente que tipo de documento existia, a primeira etapa do trabalho foi o levantamento de todo o material", conta.
Foram cadastrados e catalogados 120 animais empalhados e 600 peças históricas, 390 mapas e cartas acondicionados em tubos, 6 mil fotos digitalizadas, 40 fitas cassetes e três VHS transcritas, além de microfilmes das coleções dos jornais A Voz do Povo e Correio da Sorocabana. "Selecionamos e organizamos cerca de 30 mil documentos de arquivo", calcula Ruth. "Além de facilitar a consulta, o objetivo é evitar a deteriorização dos documentos históricos pela sua manipulação", acrescenta. Além de treinamento para os funcionários, também foi produzido um novo sistema de fichamento dos atuais e futuros documentos históricos catalogados.
Segundo a pesquisadora, todo o trabalho foi baseado nos melhores museus da Europa. "Inclusive, uma das integrantes da equipe foi visitar alguns deles em Portugal para levantar mais informações sobre o melhor método de organização do material", ressalta Ruth. Entre os principais colaboradores do projeto estão Rita Bettini, responsável pela organização das fotos; Arlete Menegette, pelos mapas; Jairo Gonçalvez Melo, pelos jornais e arquivos e Maria Peregrina Fátima Rotta Furlanetti, pelo projeto de Museu Escola. A próxima etapa será a revitalização da estrutura física do museu. Um banco de da dos e um site do projeto podem ser acessados pela internet, no endereço www.multimidia.prudente.unespbr/museuvirtual.