Notícia

SIS Saúde

Rede italiana contra o câncer

Publicado em 17 fevereiro 2012

O objetivo da iniciativa é fomentar a colaboração entre cientistas italianos que fazem pesquisa em oncologia fora de sua terra natal

Um grupo de 20 cientistas italianos que vivem no exterior criou no final do ano passado uma rede virtual de pesquisa contra o câncer, a Viron (sigla em inglês para Virtual Italian Research in Oncology Network). A ideia nasceu de Michele Pagano, pesquisador italiano do Instituto Médico Howard Hughes e professor de patologia da Universidade de Nova York, EUA, há duas décadas fazendo carreira nesse país.

O objetivo da iniciativa é fomentar a colaboração entre cientistas italianos que fazem pesquisa em oncologia fora de sua terra natal, aproximando principalmente os investigadores das áreas básicas com os especialistas em estudos mais aplicados. Mapas de todos os estudos clínicos sobre câncer na Itália já estão disponíveis em um site criado especialmente pelo grupo (http://www.viron.org/).

"A rede Viron está aberta a cientistas de todas as nacionalidades que tenham interesse em pesquisas sobre câncer e na Itália", comenta o biólogo Mauro Degli Esposti, da Universidade de Manchester, Inglaterra, um dos coordenadores do projeto. O cientista acredita que pesquisadores brasileiros possam se interessar. "Nosso website está sendo montado em inglês e em italiano e seria maravilhoso ter membros também do Brasil", diz Esposti.

 

Autor: Redação

Fonte: Pesquisa FAPESP Online