Notícia

Gazeta Mercantil

Rede de informações sobre meio ambiente

Publicado em 22 dezembro 1995

Por Neuza Serra - de São Paulo
Muitas vezes as empresas têm dificuldades para encontrar a solução adequada para destinação, por exemplo, dos resíduos sólidos provenientes de seu processo produtivo. Nessa procura são determinantes o custo e a tecnologia a ser adotada, que pode ser a disposição em aterro sanitário, incineração ou reaproveitamento. Agora as empresas terão à disposição no Brasil uma rede internacional de intercâmbio de informações sobre novas tecnologias e equipamentos de proteção ambiental, que coloca em contato empresas e instituições dos países latino-americanos e dos Estados Unidos por meio do Sistema de Promoção de Informação Tecnológica e Comercial (Tips). Esse banco de dados ambiental, denominado Environmental Technology Network for the Américas (Etna), que poderá ser acessado via Internet, possibilitará às empresas, prefeituras e outras organizações a solicitação de tecnologias para controlar a contaminação do ar, da água ou a poluição por resíduos sólidos, gerados por seus serviços ou processos produtivos. O Etna também permite o acesso a investimentos, "know-how", assessoria, treinamento, sociedades e "joint ventures" para a área de meio ambiente. Walkiria Dutra de Oliveira, diretora executiva do Tips no Brasil, explica que esse sistema de informações ambientais foi elaborado por meio de um convênio entre a United States Agency for International Development (Usaid) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Segundo Walkiria, o Etna impôs-se devido às exigências ambientais serem hoje cada vez maiores nos processos industriais, no comércio e na produção. Ela afirma que, com a implantação da ISO 14000 - versão ambiental da ISO 9000 -, prevista para o primeiro trimestre de 1996, deverá crescer a demanda por tecnologias de controle ambiental. Entre os setores abrangidos pelo Etna estão serviços ambientais de engenharia, consultoria e gerência de projetos; tecnologias limpas de energia e de energia renovável, de redução e prevenção da contaminação; tratamento de resíduos, controle de contaminação da água, do solo e do ar. O Tips foi criado em 1984 pelo PNUD com o apoio da União Européia. É uma rede internacional que interliga 45 países fornecendo informações sobre ofertas e demandas de produtos, serviços, tecnologias e fontes de financiamento de empresas, universidades e institutos de pesquisa, em dezessete setores da economia. No Brasil, o Tips inaugurou seu banco de dados em 1995 e o Etna começou a funcionar neste mês.