Notícia

ABC - Academia Brasileira de Ciências

Recursos do CGI.br são revertidos em pesquisas para a internet

Publicado em 04 setembro 2015

Pesquisadores de todo o país interessados em contribuir com o desenvolvimento da Internet no Brasil recebem, desde o dia 27 de agosto, um importante incentivo com o anúncio da chamada de propostas para "Pesquisa Estratégica sobre a Internet". Fruto da colaboração entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Ministério das Comunicações (MC) e Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), a chamada oferece R$ 20 milhões, dos quais R$ 5 milhões serão para propostas de Auxílios Regulares e R$ 15 milhões para propostas de Projetos Temáticos. Os detalhes sobre as inscrições podem ser encontrados no endereço: http://www.cgi.br/editais/ver/7.

Esta é a primeira chamada lançada no âmbito do acordo de cooperação entre as instituições, que prevê ainda a divulgação de outros editais. O acordo é resultante dos recursos recolhidos pela Fapesp no período de 1998 a 2005, quando a fundação, por delegação do CGI.br, realizou a atividade de registro de domínios ".br". Parte do total acumulado, no valor de R$ 98 milhões, será utilizado para o apoio à pesquisa. "É caro e natural ao CGI.br que os recursos provenientes do registro de domínios '.br' sejam usados em benefício da Internet no Brasil. Este é, sem dúvida, um apoio valioso, que nos dá imensa satisfação e que, certamente, irá contribuir para ampliar o protagonismo brasileiro na área", considera o coordenador do Comitê Gestor, o Acadêmico Virgilio Almeida.

A chamada de propostas é destinada aos pesquisadores de todo o país que trabalham em áreas de pesquisa para o desenvolvimento da Internet no Brasil, vinculados à instituição pública ou privada, sem fins lucrativos, de ensino superior ou de pesquisa nacional. Os objetivos dessa chamada são desenvolver a pesquisa em Tecnologia de Informação e Comunicação, buscando criar conhecimento e inovação, afinada com os grandes problemas na internet; e formar e fortalecer grupos de pesquisa excelentes em instituições acadêmicas de pesquisa e pequenas empresas de base tecnológica, nos diversos temas atuais sobre aplicações e tecnologias para a internet.

Podem ser apresentadas propostas de pesquisa nos seguintes temas: Tecnologias Viabilizadoras da Internet; Aplicações Avançadas da Internet; Comunicação em Rede e Cultura Digital; Políticas Relativas à Internet; Software Livre, Formatos e Padrões Abertos; Aplicação Sociais de Tecnologia da Informação e Comunicações. O prazo para apresentação de propostas é 27 de novembro de 2015.

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR - NIC.br

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR - NIC.br é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil. São atividades permanentes do NIC.br coordenar o registro de nomes de domínio -Registro.br, estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil - CERT.br, estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações - Ceptro.br, produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação - Cetic.br, fomentar e impulsionar a evolução da Web no Brasil - Ceweb.br e abrigar o escritório do W3Cno Brasil.

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil - CGI.br

O Comitê Gestor da Internet no Brasil, responsável por estabelecer diretrizes estratégicas relacionadas ao uso e desenvolvimento da Internet no Brasil, coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no País, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Com base nos princípios do multissetorialismo e transparência, o CGI.br representa um modelo de governança da Internet democrático, elogiado internacionalmente, em que todos os setores da sociedade são partícipes de forma equânime de suas decisões. Uma de suas formulações são os 10 Princípios para a Governança e Uso da Internet (http://www.cgi.br/principios). Mais informações emhttp://www.cgi.br/.

(Adaptado de Imprensa - NIC)