Notícia

InfoMoney

Recuperador de calor do chuveiro diminui em 44% o gasto com energia

Publicado em 23 outubro 2007

Um recuperador de calor para chuveiros elétricos pode se tornar alternativa para a redução do consumo de energia e, conseqüentemente, da conta. O novo sistema possibilita um corte de 44% no gasto de energia elétrica de uma residência.

"Esse aparelho (chuveiro) é o vilão do gasto energético em uma residência e, com o recuperador de calor, é possível usar um chuveiro menos potente", disse o inventor e tecnólogo José Geraldo Magalhães.


Consumo de energia

A diminuição da potência do chuveiro permite que a economia seja maior para o bolso do consumidor. Assim, com a utilização do recuperador, em vez de um aparelho de 5.400 watts de potência, é possível usar um com 3.200 watts, sem perda de qualidade no banho.

Dados da EPE ( Empresa de Pesquisa Energética), do Ministério de Minas e Energia, indicam que as residências consomem 24% do total de energia elétrica gasta no Brasil ou 83 mil megawatts/hora. Desse número, de 26% a 32% representam o aquecimento de água para banho, grande parte concentrado no horário de pico, entre 18 e 21 horas.

Se todos os chuveiros resolvessem adotar o recuperador de calor, a economia de energia elétrica seria semelhante às necessidades energéticas anuais do estado de Goiás, segundo Magalhães, um dos sócios da empresa responsável pelo desenvolvimento do sistema, a Rewatt.


Entrada no mercado

Em uma parceria com a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), foram distribuídos mais de sete mil recuperadores de calor para pessoas carentes da região metropolitana de Belo Horizonte.

Agora, a Rewatt estuda a comercialização do produto. "Estamos nos estruturando para vender o recuperador para um público mais amplo a partir de janeiro de 2008. Com o custo aproximado de R$ 360, o produto se paga em dez meses quando utilizado em residências com até quatro pessoas. Há casos que a redução pode atingir 50% do valor da conta, reduzindo assim o prazo de amortização", afirmou Magalhães à Agência Fapesp.


O recuperador de calor

O funcionamento do recuperador é simples, utilizando materiais fáceis de serem encontrados, como alumínio e plástico. A água do chuveiro segue por uma mangueira para chegar a uma plataforma de plástico reforçado instalada no chão do banheiro.

Existe um trocador de calor feito de alumínio, dentro da plataforma, que recupera o calor da água quente do banho e aquece, em cerca de 20 segundos, a água limpa no interior do cano. A água aquecida é levada, por pressão natural ou por um pressurizador, para o chuveiro.