Notícia

Jornal do Brasil

Recadastramento na Rede

Publicado em 16 fevereiro 1998

Na última quarta-feira, durante a reunião mensal do Comitê Gestor Internet (CG), em Brasília, pelo menos três novidades quanto ao uso da Grande Rede no país mereceram destaque: a previsão de abertura de domínios para profissionais liberais, a estipulação de um prazo - até 16 de março - para a atualização de domínios (que agora serão pagos) e uma definição da posição do Comitê em relação aos jogos via Internet. Dentro de pouco tempo, pessoas físicas poderão ter domínio próprio na Internet, o que hoje só é possível para empresas e organizações. Este assunto só terá o martelo batido na próxima reunião do CG, em março. Mesmo assim, já estão praticamente definidos alguns Domínios de Primeiro Nível (DPN) a serem implementados pelo Comitê e regularizadas pela FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), ainda no primeiro semestre. Alguns exemplos de domínio apresentados na reunião foram os destinados para advogados (.adv), engenheiros (.eng), médicos (.med) e jornalistas (.jor), entre outros. Para efetuar o registro do domínio, o profissional liberal terá que apresentar seu número de registro profissional. O pagamento deverá ser igual ao de empresas: R$ 50,00 pelo registro e R$ 50,00 pela manutenção anual. Atualização - A outra novidade é, aliás, exatamente era relação ao registro de domínio, que agora tem que ser pago. O prazo para atualização dos cadastros, que começou em dezembro, termina no dia 16 de março e até agora só 40$ dos existentes fizeram a renovação de cadastro. A FAPESP informou, através da assessoria de comunicação, que os domínios que não tiverem os cadastros atualizados serão removidos do sistema. Cada empresa ou pessoa jurídica que tenha domínios na Rede terá que pagar uma taxa única de renovação de R$ 50 (ou de inscrição, em caso de abertura de um domínio) e mais R$ 50 de manutenção por ano. Com a medida, a FAPESP espera aumentar o número de domínios a serem oferecidos, já que há empresas ou instituições que atualmente acumulam mais de um domínio, até agora gratuitamente. Todas as informações sobre atualização e normas estão no site http://www.fapesp.br. Jogos - A posição do CG em relação aos jogos de azar na Grande Rede continua sendo a de que o órgão não tem a função de regulamentar a Internet, apenas de coordenar seu uso no país. No entanto, o Comitê divulgará em sua home page (http://www.cg.or.br) uma lista de filtros que bloqueiam o acesso a alguns sites. "Estaremos fazendo uma campanha com os provedores sobre os filtros que existem para bloquear sites", diz Raphael Mandarino, representante dos usuários no CG.