Notícia

Jornal de Piracicaba

Qualificação profissional

Publicado em 17 janeiro 2008

A necessidade de se ter mão-de-obra qualificada em Piracicaba já foi discutida várias vezes pelo Jornal de Piracicaba, em ressonância à expectativa da demanda de empresas locais que procuram profissionais de alto nível ou especializados em determinadas funções para se garantir a qualidade do produto ofertado no mercado. A mesma necessidade é reivindicada por multinacionais estrangeiras instaladas no Brasil, que sentem a escassez de trabalhadores qualificados —— mesmo reconhecendo que no país a disponibilidade de mão-de-obra na indústria brasileira é comparável, em termos qualitativos, à de países desenvolvidos, como Estados Unidos e Alemanha.

Porém, ao ressentir a falta da qualificação profissional, estas empresas acabam por transferir ou instalar centros de pesquisa e desenvolvimento em países emergentes, como a Índia e a China. Pelo menos essa é a conclusão do Projeto Políticas de Desenvolvimento de Atividades Tecnológicas em Filiais Brasileiras de Multinacionais desenvolvido pelo Departamento de Política Científica e Tecnológica da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), juntamente a pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) e da Unesp (Universidade Estadual Paulista), com apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e realizado em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento do Estado.

Ao todo foram entrevistados representantes de 88 empresas, sendo que 81,7% apontaram como crítica a escassez de mão-de-obra qualificada, o que limita a atração de investimento no Brasil. Uma realidade que precisa ser modificada urgentemente para que o desenvolvimento do país possa estar inteirado também com aplicação de recursos públicos na educação para a formação de profissionais que possam competir com a demanda existente.

Por isso, é importante que não apenas o Brasil, mas Piracicaba possa ter o envolvimento de toda a classe política, empresarial e sindical local a fim de levantarem propostas em prol da educação e da formação especializada de profissionais antenadas com as exigências do mercado de trabalho. O que significa também investir na qualificação dos professores, caso contrário nenhum empenho poderá ter sucesso.

Nessa linha, voltada à educação, deve-se reconhecer iniciativas importantes com a instalação da Fatec (Faculdade de Tecnologia) na cidade, com recursos estaduais, o funcionamento da Universidade da Cana e, hoje, com a perspectiva de ser instalada em 2009 a escola técnica federal no Parque Tecnológico de Piracicaba —— iniciativa do governo federal justamente pelo desafio de se garantir mão-de-obra qualificada. Para que a cidade seja contemplada com essa unidade no próximo ano, e não em 2010 como estava previsto anteriormente, o prefeito Barjas Negri acertou com o Ministério da Educação que a prefeitura irá construir os prédios, a serem doados para a União. A iniciativa do prefeito está de acordo com a conjuntura nacional: a de que Piracicaba tenha com urgência mão-de-obra qualificada, em especial para o setor de açúcar e álcool.