Notícia

TI Inside

Qualcomm financia doutorado em Engenharia Elétrica

Publicado em 10 maio 2006

A Qualcomm firmou um convênio com a Escola Politécnica da USP no valor de US$ 200 mil para oferta de bolsa de estudos em nível de doutorado em Engenharia Elétrica. O recurso será aplicado, também, na atualização da biblioteca da Poli.
Parte de uma estratégia global de investir em projetos de educação e apoio ao conhecimento tecnológico, o empreendimento é o primeiro do gênero da multinacional em um país como o Brasil, um mercado dos mais promissores para o seu negócio e considerado uma grande celeiro de talentos.
"Pela representatividade do Brasil no cenário das telecomunicações, a empresa acredita no potencial da área acadêmica para formar futuros doutores no setor" afirmou o presidente mundial de desenvolvimento da companhia, Jeff Jacobs.
A bolsa de estudos será concedida a três alunos, selecionados pelos mesmos critérios atualmente adotados pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).
Com início previsto para setembro, o programa terá duração de três anos e será executado em três etapas. Nas etapas nacionais, os bolsistas estudarão sob orientação de docentes da Poli e coordenação do professor Dr. Paul Jean Etienne Jeszensky. Dois deles terão a oportunidade de estudar nos Estados Unidos. Mas todos deverão concluir o curso no Brasil.
De acordo com o vice-presidente da subsidiária brasileira da Qualcomm, Valerijonas Seivalos Júnior, a decisão de firmar o convênio com a Poli foi tomada com base no fato de a USP ser reconhecida como um centro de excelência em pesquisa no país. A universidade responde por 30% das atividades de pesquisas realizadas no Brasil.