Notícia

A Crítica (MS) online

'Pular' café da manhã traz risco de engordar, diz estudo

Publicado em 25 julho 2019

"Pular" o café da manhã está relacionado a um aumento em indicadores de obesidade entre adolescentes. Essa é a principal conclusão de um estudo publicado na revista Scientific Reports. A pesquisa foi realizada por cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com pesquisadores europeus.

Com base em levantamentos com meninos e meninas entre 12 e 18 anos, o estudo identificou a relação entre abolir o café da manhã e aumento no Índice de Massa Corporal (IMC), na circunferência da cintura e na razão cintura/altura - indicadores ligados à obesidade.

Para os levantamentos, 3.528 jovens europeus e 991 brasileiros relataram seus hábitos cotidianos. Os dados foram casados com medidas de peso dos participantes. Considerando o tempo de sono dos jovens, foi calculado o impacto do café da manhã, do tempo em frente às telas e da falta de atividade física vigorosa nos indicadores de obesidade.

"Mesmo dormindo bem, se o adolescente 'pula' o café da manhã, aumenta o peso e a circunferência da cintura. O comportamento de 'pular' o café da manhã se associou a um aumento nesses marcadores (de obesidade) muito expressivamente", explicou uma das autoras do estudo, a epidemiologista Elsie Costa de Oliveira Forkert, do Grupo de Pesquisa em Risco Cardiovascular e Ambiental, da Faculdade de Medicina da USP.

Segundo Elsie, o impacto do fator café da manhã nos índices de obesidade foi até maior do que o efeito dos outros comportamentos avaliados pela pesquisa - como o tempo de tela e a falta de exercícios físicos. Estudos anteriores já haviam apontado a importância da primeira refeição do dia no desenvolvimento dos jovens. O hábito de deixar de lado a primeira refeição do dia é comum entre adolescentes.

Estima-se que 20% abram mão do desjejum. Entre meninas, esse comportamento é ainda mais habitual - 44,5% das europeias e 37,8% das brasileiras. Entre meninos, o porcentual cai para 35,9% e 34,6%, respectivamente. Segundo Elsie, a diferença pode estar ligada à busca pelo emagrecimento para fins estéticos.

Acontece que restrições causam efeito contrário. "Não entrando alimento, o organismo libera hormônios contra reguladores. Ele entende que a reserva está pequena e segura um pouco mais", diz Elsie. Outra razão é que, se o jovem deixa para comer no meio do dia, escolhe alimentos de baixo valor nutricional e mais calóricos, o que contribui para o ganho de peso.

Dia a dia

"O que vejo no dia a dia é que muitos não tomam o café da manhã, mas comem na escola. E, quando compram, não é a melhor opção, é um sanduíche pronto, refrigerante, leite com chocolate e açucarado, suco de fruta adoçado, isso quando não compram coxinha, esfirra", diz o endocrinologista Mario Kehdi Carra, presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

Mas as famílias relatam dificuldades em lidar com a falta de apetite dos jovens no início do dia. "Na maioria das vezes, só tomo leite. Até tento comer, mas não sinto fome", conta o estudante Pietro Affonso, de 14 anos. "Até posso sentir fome durante a aula, daí dou uma beliscada no lanche (pão com patê)."

Segundo Andressa Heimbecher, endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, é preciso que os pais investiguem a causa da falta de fome - ela pode estar ligada, por exemplo, a um jantar muito calórico ou até a problemas de refluxo. Para ela, o café em casa também é vantajoso sob outro ponto de vista. É o momento em que pais podem observar como os filhos comem e propor mudanças. "O comportamento alimentar das crianças é o espelho dos pais. Se ele não senta para tomar café não transmite o exemplo." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

ESTADÃO conteúdo

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
O Estado de S. Paulo Estadão.com Folha.com Portal Exame IstoÉ online UOL IstoÉ Dinheiro online BOL Estado de Minas online UOL TV GloboNews Folha de S. Paulo Folha de S. Paulo Terra A Tarde (BA) online Folha Vitória online Diário do Grande ABC online Correio Popular online W Rádio Brasil Meridional FM Hoje ES Blog do Toninho Tudonoticia.org Ternura FM Jornal Notícias Revista Pará Notisul Casa de Notícias Sindicato dos Comerciários (SP) O Extra.net (Fernandópolis, SP) online SBT Interior Boqnews Tudonoticia.org Portal do Governo do Estado de São Paulo Reconvale Noticias Saúde é Vital online Teresina Diário Folha Nobre Planet Earth Water Air Green Brazil Saúde Curiosa O Nortão online Jornal da Franca Beto Ribeiro Repórter Professor José Costa Meio & Negócio Tribuna do Norte (Pindamonhangaba, SP) online EcoDebate CREMEPE - Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco Visão Notícias Algomais online MSN Brasil Innaldo Sardinha Diário do Sertão ClickPB Jovem Pan Jornal na Net Aroldo Murá Informativo Em Foco De Tudo - Alto Tietê - Avine HypeScience Medscape (EUA) Hospital Santa Maria O Defensor online Tribuna de Ituverava online O Estado do Maranhão online Zero Hora online Folha da Região (Araçatuba, SP) online Folha de Londrina online Aqui Notícias online Gazeta online Tarobá News Portal Banda B Jornais Virtuais Diário de Notícias online HiperNotícias CGN Head Topics (Brasil) Hoje em Dia online Bem Paraná online Mix Vale Jornal do Commercio (PE) online Leia Já Página 3 Portal no Ar Educadora AM 1020 Portal do Holanda Tribuna do Sertão Notícia Agora Repórter Diário online Meon Jornal do Oeste (Toledo, PR) online Guarulhosweb RIC Mais Última Hora News (Aracaju, SE) Top Guarulhos Jornal O Dia (Rio de Janeiro, RJ) online Blog do Parceiro Região Noroeste Nh Tv Estação Litoral SP São Paulo para Crianças Ubiratã Online A Tribuna