Notícia

Portal Exame

Publicação mostra manipulação das consciências pelo cinema

Publicado em 03 setembro 2013

Por José Tadeu Arantes
São Paulo – “Uma imagem vale mais que mil palavras”: essa frase, que alguns atribuem a Confúcio, transformou-se em clichê. Repetida bem mais de mil vezes, não perdeu, por isso, sua validade. Ela é especialmente verdadeira quando se trata de cinema. E, mais ainda, quando o cinema é utilizado como arma de propaganda política e controle da opinião pública. Tal é o tema do livro O poder da imagem, de Wagner Pinheiro Pereira. Pós-doutor pela Universidade de São Paulo (USP) – com Bolsa da FAPESP – e professor adjunto de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.