Notícia

UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas

Prova de Química explora conteúdos da Revista Fapesp

Publicado em 11 janeiro 2010

Por Isabel Gardenal

Reciclagem de lâmpadas, cana de açúcar, polímeros e gel antirrugas foram temas que emergiram da prova de Química e racismo no colonialismo, império romano, cultura islâmica, alguns dos temas que fizeram o pano de fundo da prova de História, sinalizando nesta segunda-feira a metade das provas da segunda fase do Vestibular Unicamp. A prova de Química, pela primeira vez em todos estes anos, desde 1987, quando o Vestibular da Universidade passou a não ser mais unificado, teve todas as questões extraídas de textos da Revista Pesquisa Fapesp, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, uma agência de fomento que patrocina no Estado as pesquisas.

Química e História

As provas, como reza a tradição da Universidade, requereram do candidato leitura e interpretação de texto e uma boa dose de concentração para responder às 12 questões no tempo regulamentar de quatro horas. Apesar de à primeira vista terem sido consideradas longas por alguns candidatos as questões de Química, elas ajudaram o candidato a formar os contextos para então escrever. De acordo com o professor Cláudio Batalha, coordenador-associado da Comvest e professor de História, as questões 22 e 24 de História apontaram nitidamente a interdisciplinaridade aproximando a História da Filosofia Política e da Sociologia.

Os candidatos com necessidades especiais, num total de 12, realizam o Vestibular até quarta-feira com total apoio. Segundo o coordenador da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), Renato Pedrosa, são assistidos em todas as suas necessidades. Os cinco portadores de deficiência visual, por exemplo, têm suas provas ampliadas para conseguir acompanhar o desenvolvimento das questões. Os portadores de dislexia contam com auxílio de monitores para escrever suas respostas, o que não os impedem de realizar as provas como outros candidatos. Há anos eles têm efetuado as provas nas dependências do Cepre (Centro de Estudos e Pesquisas em Reabilitação "Prof. Dr. Gabriel Porto") da Unicamp.

As respostas esperadas, que fornecem um importante apoio para consulta dos estudantes, começam a ser disponibilizadas na sexta-feira no site da Comvest. As provas, acentua Pedrosa, sempre trazem a necessidade de agregar conhecimento ao adquirido no ensino médio. Nesta segunda-feira cada questão continha duas perguntas, sempre a primeira relacionada ao texto proposto e a segunda extrapolando este conhecimento. Na terça-feira as provas serão de Física e Geografia. Na quarta, último dia da segunda fase, os candidatos terão pela frente Matemática e Inglês. Participaram das provas deste segundo dia do Vestibular Unicamp 2010, 13.414 candidatos, com um índice de 8,8% (1.292) de abstenção.