Notícia

Jornal da Divisa

Protesto de estudantes paralisa Unesp hoje

Publicado em 24 novembro 2011

Estudantes da Unesp - unidade de Ourinhos - vão paralisar as atividades hoje para pressionar a reitoria a concretizar a construção do tão sonhado campus da universidade. Eles alegam que o local onde funciona hoje, o curso de Geografia, anexo à área da Fatec, não tem espaço para implantação de novas atividades acadêmicas. Em nota oficial à imprensa, estudantes exigem mais transparência e um posicionamento claro da reitoria relativo a uma verba anunciada no ano passado no valor R$ 12 milhões para a construção do campus.

"É de conhecimento geral que o Campus atual não comporta um novo curso, faltando espaço para as atividades extra curriculares", disseram. Eles também citam várias conquistas de alunos, o que tem tornado a unidade de Ourinhos superior que muitas outras espalhadas pelo Estado. "Apenas este ano, a Unesp de Ourinhos obteve três alunos premiados no congresso de extensão da Unesp, um premiado no congresso de iniciação cientifica da Unesp, possui uma bolsa de pesquisa/extensão para cada quatro alunos, estudante e professores (100% Doutores), que publicam diariamente em congressos nacionais e internacionais, como o International Cartographic Conference e Encontro nacional de geógrafos, além das dezenas de projetos de pesquisa fomentados por órgãos como a FAPESP e o CNPQ tendo como objeto de estudo a própria cidade de Ourinhos e os vários projetos de extensão universitária, entre eles a Incubadora que auxilia a organização da cooperativa Recicla Ourinhos, e o cursinho da Unesp (CACU-O)", exemplificaram.

Direção - O Coordenador Executivo do campus da Unesp de Ourinhos, Paulo Fernando Mourão, admite que as atuais instalações já estão pequenas para abrigar os estudantes e até mesmo para as atividades acadêmicas de rotina, porém ele estranha o protesto. "Eles podem protestar, é um direito, mas não há nada de errado com a construção do novo campus. O problema é que edificações desse porte são obrigadas a cumprir trâmites legais e existem prazos para a serem obedecidos", disse esclarecendo que acredita que as obras devem ser iniciadas em 2012.

A prefeitura, que é responsável apenas pela infra-estrutura do terreno, também afirma que tudo está caminhando conforme o projeto. O campus da Unesp será construído em uma área próxima ao Distrito Industrial II, na rodovia Raposo Tavares, anexo à Fazenda Santa Maria.