Notícia

Portal Exame

Proteína do veneno de serpente pode ser boa para o coração

Publicado em 16 setembro 2013

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
São Paulo – Testes in vitro feitos na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) indicam que a alternagina-C (ALT-C) – uma proteína extraída do veneno da serpente urutu (Bothrops alternatus) – é capaz de aumentar a força de contração cardíaca e tem potencial farmacológico a ser explorado. A proteína está sendo testada no miocárdio de camundongos e de peixes durante o pós-doutorado de Diana Amaral Monteiro – com Bolsa da FAPESP – sob a supervisão do professor Francisco Tadeu Rantin e colaboração de Heloisa Sobreiro [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.