Notícia

Agência C&T (MCTI)

Proposta de fundo para C&T já tem minuta

Publicado em 26 junho 2008

Representantes de oito instituições ligadas à área de Ciência e Tecnologia em Campos aprovaram nesta quarta, 25/06, a minuta da proposta de criação de um fundo municipal de apoio à ciência e tecnologia, que, se aprovado, será mantido por pequeno percentual dos repasses de royalties do petróleo. Além de ser encaminhada à atual Administração Municipal, a minuta será apresentada coletivamente pelas instituições aos futuros candidatos a prefeito de Campos.

O consenso quanto aos termos da minuta foi obtido já na segunda reunião dos representantes, realizada na última quarta, na Casa de Cultura Villa Maria. A idéia é criar uma estrutura enxuta do ponto de vista administrativo, garantindo que os recursos destinados ao fundo sejam efetivamente aplicados em projetos científicos e tecnológicos de interesse da população.

O contato com a atual Administração será feito pelo secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Conrado Aguiar, que participou das duas reuniões. A Secretaria dispõe de uma Diretoria de Ciência e Tecnologia, que está inativa.

A idéia das instituições é que o fundo municipal de apoio à ciência e tecnologia tenha status compatível com sua importância. Por outro lado, os dirigentes consideram fundamental que o fundo funcione independentemente das alternâncias de poder, a exemplo do que acontece com agências de fomento como a Faperj, no Estado do Rio, a Fapesp, em São Paulo, e a Fapemig, em Minas.

Endossam a proposta os dirigentes e representantes da Uenf, Cefet, UFF, UFRRJ, Firjan, Tecnorte/Fenorte, Universidade Candido Mendes e ISECensa.