Notícia

DCI

Projeto recebeu apoio financeiro para inovação

Publicado em 19 fevereiro 2002

Por Fabiana Pio
Para desenvolver a tecnologia de célula a combustível, o empresário Antônio Ferreira participou do Programa Inovação Tecnológica em Pequenas Empresas (PIPE), desenvolvido pula Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O projeto teve início em 1998, terminou cm 2000 e recebeu mais de R$ 300 mil da Fapesp. Montadoras como Daimler-Chrysler, Honda e BMW já apresentaram automóveis impulsionados por células a hidrogênio, ainda híbridas com gasolina. O empresário Antônio Ferreira é detentor exclusivo da tecnologia na América Latina. "Por enquanto, não penso em exportá-la, mas consolidar essa tecnologia primeiro no Brasil". O valor do gerador estimado para a venda em larga escala pela Unitech é de US$ 1,5 mil por quilowatt (Kw). Para uma residência são necessários cerca de 2 a 3 Kw. Para uma grande empresa, 500 Kw. "Assim como é possível ter um fogão ou uma geladeira em casa, é viável ter um mini-gerador do tamanho de um frigobar."