Notícia

Ribeirão Preto online

Projeto mapeia trajeto de idosos para prevenir quedas

Publicado em 03 setembro 2015

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que, por ano, são 424 mil mortes por quedas no mundo. De 30% a 60% da população com mais de 65 anos cai uma vez ao ano, e parte dessas quedas (de 40% a 60%) termina com algum tipo de lesão. Cientistas do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, desenvolvem um projeto que visa prevenir as quedas de idosos.

A pesquisa busca diminuir estas quedas e para isso são feitos testes que mapeiam o caminhar das pessoas idosas. Financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), o Centro é especialmente adaptado e estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial.

A primeira vez é uma caminhada simples. Na segunda, o percurso é feito com um copo de água em mãos. Na terceira vez, é preciso fazer contas de cabeça enquanto caminha. E não só isso: também é necessário trocar de bolso algumas moedas. Tudo para saber o quanto a distração influencia no passo do idoso.

Para mais detalhes sobre o projeto assista o vídeo.

Fonte: Portal Governo do Estado de SP