Notícia

O Diário (Mogi das Cruzes) online

Projeto estimula a iniciação científica

Publicado em 20 fevereiro 2005

A participação de alunos em pesquisas, destaca o professor Márcio Alberto Torsoni, da Universidade Braz Cubas, é fundamental porque proporciona aos alunos oportunidade de se envolverem em projetos de iniciação científica, complementando a formação adquirida em sala de aula, além de ser excelente para o currículo.
Os estudantes também podem conseguir bolsas do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) ou FAPESP para o desenvolvimento de pesquisas, que contam como horas de estágio", avalia Torsoni, lembrando que a professora de Bioquímica, Adriana Souza Torsoni, também da UBC, colabora com o estudo, que deve ser concluído em dois anos.
Equipamentos como espectrofotômetro, balança analítica, estereotáxico, banho-maria, microscópio, pHmetro, centífrugas, entre outros, de origem nacional e também importados da Europa e Estados Unidos, permanecerão na UBC depois do encerramento da pesquisa e poderão ser utilizados pelos estudantes dos cursos da Área da Saúde. "Uma parte dos estudos que envolve outros equipamentos não adquiridos com o projeto será desenvolvido no Laboratório de Sinalização Celular da Unicamp. A FAPESP exige relatórios do projeto depois de 12 meses e avalia seu desenvolvimento.
Ao final, o estudo deve ser divulgado em artigos publicados em periódicos científicos específicos desta área de atuação e, se conseguirmos mostrar que esta enzima é um alvo terapêutico, podemos entrar em contato com laboratórios que produzem compostos químicos para que possamos trabalhar juntos nos estudos para a elaboração de um medicamento de combate à obesidade", completa o professor, que passou a ser controlado pela UBC em regime de jornada integral para o desenvolvimento desta pesquisa.
Além do projeto da FAPESP, do qual Torsoni é coordenador, durante os últimos 8 anos ele vem atuando no desenvolvimento de projetos de pesquisa na área da Saúde - sobre radicais livres e estresse oxidativo - e, recentemente, o professor foi contemplado com uma bolsa de produtividade em pesquisa pelo CNPq.