Notícia

Jornal da Unesp online

Projeto de Unesp e Unoeste leva Prêmio Santander Universidade Solidária

Publicado em 25 novembro 2010

Um projeto de extensão desenvolvido em parceria entre a Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) , Câmpus de Presidente Prudente, e a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), recebeu o Prêmio Santander Universidade Solidária. O anúncio foi feito durante cerimônia realizada na noite de ontem (24/11), em São Paulo.

Cerca de mil projetos de todo o país concorreram na categoria Universidade Solidária, e apenas oito foram premiados. As iniciativas avaliadas têm por objetivo ações comunitárias focadas em desenvolvimento sustentável, com ênfase em geração de renda. A proposta "Educação ambiental e gestão de resíduos sólidos em Presidente Prudente (SP)" das duas universidades foi a única do Estado de São Paulo e a única interinstitucional a ser contemplada.

Voltado para a capacitação e a geração de renda dos membros da CooperLix - Cooperativa de Trabalhadores de Materiais Recicláveis de Presidente Prudente,o projeto premiado também desenvolve ações educativas com a comunidade da cidade. Os recursos de R$ 50 mil destinados pelo prêmio serão utilizados na publicação de cartilhas de educação ambiental para alunos do ensino fundamental, tanto de escolas públicas e privadas.

"Com essa ação educacional, pretendemos ampliar e melhorar a coleta seletiva na cidade. Por meio da educação, aumentaremos a renda das 68 famílias cooperadas", salientou a geógrafa Alba Regina Azevedo Arana, uma das coordenadoras do projeto e diretora da Faculdade de Ciências, Letras e Educação (Faclepp) da Unoeste. Alba foi ao evento e representou a equipe, que tem o professor Antônio Cezar Leal, da FCT, como outro coordenador.

Cooperativa

A Cooperlix foi formada em 2002, com a reunião de pessoas que trabalhavam como catadores no lixão da cidade. A cooperativa é um dos resultados do projeto de políticas públicas "Educação Ambiental e gerenciamento integrado dos resíduos sólidos em Presidente Prudente-SP: desenvolvimento de metodologias para coleta seletiva, beneficiamento do lixo e organização do trabalho", que teve início em 2001.

Realizado em parceria entre a FCT, a Unoeste, a prefeitura de Presidente Prudente e outras instituições públicas e privadas, recebeu até 2005 o apoio financeiro da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). Atualmente em sua terceira fase, o projeto busca outras parcerias e financiamento para a contínua capacitação dos cooperados.

"Por meio de pesquisas constantes, aprimoramos as ferramentas pedagógicas para a educação ambiental, e ainda possibilitamos uma melhor qualidade de vida para essa população. Um outro ponto importante é a ampliação da reciclagem e reutilização de materiais antes jogados nos lixões", destaca Alba.

O prêmio

O Prêmio Santander Universidade Solidária está em sua 13ª edição. É uma parceria da divisão Santander Universidades com a UniSol (Universidade Solidária). Tem como meta oferecer aos projetos de extensão universitária selecionados recursos financeiros e suporte técnico na implantação de iniciativas das instituições de ensino superior em parceria com comunidades.

Além das oito premiadas nessa categoria, outras dezesseis universidades receberam R$ 50 mil e bolsas para curso de empreendedorismo da Babson College (Babson Park, Massachusetts, EUA). Elas foram vencedoras dos Prêmio Santander de Empreendedorismo e de Ciência e Inovação, que está em sua 6ª edição, e o de Destaques do Ano, realizado em parceria com a Editora Abril, pela primeira vez.

Para mais informações, acesse http://www.santander.com.br/portal/gsb/gcm/package/universidades/premio_empreendedor-16-06-2010_53537.zip/home/home.html

Daniel Patire